(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir

Política & Ambiente

Saudação ao 1.º de Maio – Dia do Trabalhador

Saudação ao 1.º de Maio – Dia do Trabalhador

A Assembleia Municipal de Lagos na sua Sessão Ordinária de abril/2019, realizada no dia 29 de abril, aprovou, por unanimidade, uma Saudação referente ao 1.º de Maio – Dia do Trabalhador.

PAN apresenta soluções integradas para tirar as beatas das ruas portuguesas

PAN apresenta soluções integradas para tirar as beatas das ruas portuguesas

O PAN, Pessoas – Animais – Natureza, acaba de apresentar um projecto lei que pretende regulamentar o fim que deve ser atribuído às pontas de cigarros com um período transitório de um ano. As pontas de cigarros, usualmente conhecidas como beatas, são um dos resíduos mais abundantes em todo o mundo e, devido à sua composição, são também tóxicos e perigosos para o ambiente.

Redução do custo dos transportes públicos no Algarve

Redução do custo dos transportes públicos no Algarve

A Assembleia Municipal de Lagos na sua Sessão Ordinária de abril/2019, realizada no dia 29 de abril, aprovou uma Saudação referente à redução do custo dos transportes públicos no Algarve.

Requalificação da EN125 (Variante de Odiáxere) e suspensão de portagens na A22

Requalificação da EN125 (Variante de Odiáxere) e suspensão de portagens na A22

A Assembleia Municipal de Lagos na sua Sessão Ordinária de abril/2019, realizada no dia 29 de Abril, aprovou, uma Moção, a enviar ao Governo, referente à Requalificação da EN125 e suspensão de portagens na A22.

A ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE LAGOS SAUDOU A LUTA DAS NOVAS GERAÇÕES PELA SOLUÇÃO DOS PROBLEMAS AMBIENTAIS

A ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE LAGOS SAUDOU A LUTA DAS NOVAS GERAÇÕES PELA SOLUÇÃO DOS PROBLEMAS AMBIENTAIS

A Assembleia Municipal de Lagos aprovou por unanimidade, na sua reunião de 29 de Abril passado, uma Proposta dos eleitos da CDU, saudando a luta das novas gerações pela solução dos problemas ambientais criados em todo o Planeta pela acção humana sobre os elementos da natureza.

Campismo e Caravanismo na Costa Vicentina

Campismo e Caravanismo na Costa Vicentina

É sobejamente conhecido este paraíso natural da Costa Vicentina em que o concelho de Vila do Bispo está inserido. As ondas o sol e a natureza, é para muitos dos turistas o sítio de eleição, para desfrutar e descansar uns dias, em alguns casos meses e mesmo anos.

Concurso Público Aguas do Algarve na “Reabilitação do Intercetor Ibis - Aeroporto”

Concurso Público Aguas do Algarve na “Reabilitação do Intercetor Ibis - Aeroporto”

Foi publicado no Diário da República contrato público de empreitada de obras públicas, o qual tem por objecto a execução da empreitada para a reabilitação do intercetor Ibis- Aeroporto por método de encamisamento em alguns troços e vala aberta noutros. O anúncio publicado pode ser visualizado em www.aguasdoalgarve.pt

A nossa Muralha de Lagos recebe obras de conservação

A nossa Muralha de Lagos recebe obras de conservação

Está em curso uma intervenção na Muralha de Lagos que prevê a recuperação do troço nascente da Cerca Medieval (troço que confronta com o Jardim da Constituição), o qual inclui o Torreão da Ribeira, as duas Torres Albarrãs da Porta de São Gonçalo, o pano situado entre o primeiro Torreão e o Castelo dos Governadores, a fachada sul do castelo dos Governadores e o seu Revelim. Trata-se de uma empreitada municipal, adjudicada por 79.952,00€, e que tem um prazo de execução de 120 dias.

Solidariedade com os Trabalhadores da ex-Alicoop, Alisuper

Solidariedade com os Trabalhadores da ex-Alicoop, Alisuper

A Assembleia Municipal de Lagos na sua Sessão Ordinária de Abril/2019, realizada no dia 29 de Abril, aprovou uma Moção solidarizando-se com os Trabalhadores da ex-Alicoop, Alisuper.

Memorial em LAGOS às  vítimas  da GUERRA COLONIAL 1961/1974

Memorial em LAGOS às vítimas da GUERRA COLONIAL 1961/1974

A construção em Lagos de um Memorial às vítimas da guerra colonial foi aprovada por unanimidade na Assembleia Municipal reunida a 29 de Abril de 2019, por Proposta dos eleitos da CDU, referindo que  o povo português tem a lamentar que foram milhares as vítimas mortais e as profundas marcas físicas e psicológicas deixadas em milhares de cidadãos portugueses que cumpriam o serviço militar obrigatório e das ex-colónias que combatiam pela independência dos seus Países nas frentes de batalha de Angola, Guiné  e Moçambique.