(Z1) 2024 - CM de Vila do Bispo - Festival do Perceve
(Z4) 2024 - CM Lagos - Agenda de Eventos

PS: Gratuitidade das creches e pré-escolar promove direitos das mulheres

PS: Gratuitidade das creches e pré-escolar promove direitos das mulheres

“Enquanto a direita pretende recuar nos direitos das mulheres e voltar ao tempo do aborto clandestino nós queremos fazer mais pelos direitos das mulheres.

Garantir creche e pré-escolar gratuito e reduzir o tempo de trabalho efectivo para os jovens pais são medidas que apoiam as famílias e que têm impacto directo na vida das crianças mas também das mulheres”, garante Jamila Madeira, cabeça de lista do Partido Socialista.

Os candidatos do PS pelo Algarve visitaram a creche da Santa Casa da Misericórdia de São Brás de Alportel, na Guia, a Creche da Santa Casa da Misericórdia de Albufeira e em Monchique recordaram que desde o início de 2024 as creches das autarquias também estão abrangidas em sede de Orçamento de Estado pelo regime de gratuitidade medida que, explicam os candidatos do Partido Socialista, são transformadoras para as crianças, que desde cedo fazem parte dum projecto educativo, colectivamente inclusivo e capaz de cortar ciclos de pobreza infantil, mas são igualmente transformadores do ponto de vista da promoção da igualdade entre homens e mulheres, algo particularmente relevante quando sabemos que ainda hoje persiste uma injusta disparidade entre os rendimentos dos homens e das mulheres.

“Reduzir o horário de trabalho dos pais nos primeiros três anos de vida de uma criança, como propôs esta semana Pedro Nuno Santos, é reforçar a conciliação entre a vida profissional, familiar e pessoal mas é também importante em matéria de igualdade no acesso ao mercado de trabalho, sobretudo para as mulheres, a maioria das vezes colocadas entre a escolha de cuidar da educação dos filhos e a carreira profissional” diz Jamila Madeira para quem a “direita retira direitos.

Recordando que no Algarve já existem 5090 crianças com creche gratuita e que com os investimentos no âmbito do PRR o número de vagas vai aumentar em mais 567 lugares os candidatos do PS não têm dúvidas de que este é o caminho que dia 10 de março garante direitos às mulheres, às crianças e às famílias.

Refira-se que no Algarve o Partido Socialista tem uma lista liderada por uma mulher, Jamila Madeira, natural de Alte, no concelho de Loulé e é formada de forma equitativa por sete mulheres e sete homens, sendo que tem até mais mulheres do que homens nos lugares efectivos.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos