(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre
(Z4) 2024 - CM Lagos - Agenda de Eventos

AML: “(Re)criação do Conselho Municipal de Turismo”

AML: “(Re)criação do Conselho Municipal de Turismo”

A Assembleia Municipal de Lagos na 1.ª Reunião da sua Sessão Ordinária de Abril/2023, realizada no dia 26 de Abril aprovou uma Proposta de Recomendação no sentido de ser criado o Conselho Municipal de Turismo

“Já iniciamos mais uma época turística e, depois de dois anos anómalos, devido à pandemia que a todos afetou, aprendemos que o trabalho em equipa, num ambiente construtivo e plural, é a chave para resolver muitos dos problemas com que somos confrontados na vida em comunidade.

O Concelho de Lagos tem no Turismo a atividade económica mais importante, sendo, por isso, de extrema importância preparar as condições humanas e materiais para que possamos potenciar ao nível da excelência o saber dar e receber com qualidade.

Considerando que:

1 - Em 2020 foi aprovada, por unanimidade, uma proposta apresentada por Lagos com Futuro, em reunião de Câmara, para ser criado o Conselho Municipal de Turismo;

2 - Até ao momento, essa deliberação não foi ainda concretizada, pese embora terem decorrido, desde então, cerca de três anos e meio;

3 - Lagos já teve, em tempos, um Conselho Municipal de Turismo, onde participavam diversas entidades, privadas e públicas, representando várias perspetivas e tendências sobre a atividade turística em cooperação recíproca tornando a autarquia mais plural e completa trabalhando em prol do bem comum através da partilha de saber, vontades, esforços, ideias e sugestões;

4 - Existem, atualmente, vários Conselhos Municipais em Lagos compostos por representantes da autarquia e por representantes das várias entidades diretamente ligadas a diferentes realidades da vida em sociedade. É também este imperativo democrático a marcar a cultura do poder local por vários municípios do país. Neste contexto, o Grupo de Cidadãos Independentes Lagos com Futuro não pode deixar de estranhar a inexistência de um Conselho Municipal de Turismo no nosso município enquanto espaço de partilha e debate para a solução dos problemas que nos afetam. Trata-se, pois, de saber ouvir as vozes da sociedade civil, com propostas de melhorias e reformas, visando um Município mais plural, dinâmico e dialogante, mais participado e mais eficiente naquela que é a atividade económica mais relevante do Concelho – o Turismo;

5 - O Turismo nos últimos anos tem tido uma importância crescente na economia portuguesa. São cada vez mais os municípios que optaram e continuam a optar pela criação deste órgão. O período particularmente difícil que atravessamos recentemente, e do qual vamos agora saindo, alterou a visão centralista da nossa realidade económica e social, tornando ainda mais imperioso este tipo de órgãos para se poder auscultar de forma direta e interativa aqueles que estão envolvidos na prática e que experienciam as dificuldades e importância de soluções conjuntas, partilhando, trabalhando em equipa e entreajuda para desenvolver estratégias de mercado e abrir novos caminhos para o desenvolvimento do turismo sustentável.

Face ao exposto, a Assembleia Municipal, reunida em 26 de Abril de 2023, delibera no sentido de recomendar à Câmara Municipal que:

1 - Seja executada a moção aprovada em 2020 relativa à “(Re)criação do Conselho Municipal de Turismo”, onde estejam presentes e participem os representantes das várias entidades, públicas e privadas, ligadas às várias áreas da economia do turismo, abrangendo a hotelaria, restauração, promoção turística, agentes imobiliários, saúde, cultura, ambiente/natureza, entre outras entidades afins, visando dar a conhecer as dificuldades no terreno no sentido de proporem e discutirem soluções coletivamente, no sentido de uma maior valorização da qualidade dos serviços prestados, abrangendo mais mercados e suavizando a sazonalidade, de forma a trazer mais e melhores proveitos económico-sociais para Lagos.

2 - Dar conhecimento da presente deliberação à Região de Turismo do Algarve e à comunicação social local e regional.”

  • PARTILHAR   

Outros Artigos