(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Programa Vacinação Infantil

IV Gala dos Prémios Empresariais distingue desportistas

IV Gala dos Prémios Empresariais distingue desportistas

A IV Gala dos Prémios Empresariais Desportivos da Fundação do Desporto e da Patrocina un Deportista realizou-se esta quinta-feira no Teatro Thalia em Lisboa, galardoando os atletas, equipas, clubes, entidades e empresas, que mais se destacaram em 2022 e 2023 no âmbito do Alto Rendimento e do desporto para pessoas com deficiência.

O evento juntou centenas de convidados no magnifico teatro Thalia, nomeadamente políticos, empresários, dirigentes, treinadores, atletas e outras personalidades.

A grande homenagem da noite, com direito a ovação de pé de todos os presentes na Gala, foi para o campeão olímpico Carlos Lopes, que emocionou toda a plateia com um discurso ao nível da carreira que teve enquanto atleta.

Lista de Prémios Final – IV Gala de Prémios Empresariais do Desporto 2023:

Prémio Jovem Praticante Desportivo

Diogo Ribeiro (Natação): Diogo Ribeiro já apresenta, aos 18 anos, os melhores resultados de sempre da história da natação portuguesa. É tri-campeão mundial júnior, recordista mundial júnior e conquistou medalhas no Mundial, Europeu e Jogos Europeus de seniores.

Maria Martins (Ciclismo): Em 2023, Maria Martins tornou-se na primeira portuguesa a correr no pelotão WorldTour feminino, aos 23 anos de idade. A ciclista soma duas medalhas de bronze em Mundiais de elite, dois terceiros lugares em Europeus e um título europeu sub-23, entre numerosos pódios nos escalões jovens.

Prémio Fomento da Atividade Física através da Promoção do Talento da Equipa Humana “Matrix”

SC Fitness (Grupo SONAE): A SC Fitness é uma empresa do grupo Sonae Capital que desenvolve a sua atividade no segmento do fitness e cujo portefólio é constituído pelas marcas Element (Low Cost) e Solinca (Mainstream).

A missão da empresa é estimular e inspirar hábitos de vida saudáveis, através da prática regular de exercício físico, contribuindo para uma vida mais equilibrada e feliz.

Prémio Desporto para Pessoas Com Deficiência “Jogos Santa Casa”

Carolina Duarte: Carolina Duarte sagrou-se vice-campeã do mundo de 400 metros (T13, deficiência visual), ao concluir a distância com o recorde pessoal de 55,68 segundos, nos Mundiais de atletismo paralímpico, que decorreram em Paris.

Prémio Apoio ao Desporto

GRUPO RTP, SA: O Grupo RTP integra um universo de marcas de televisão, rádio e online, sendo uma referência para todos os portugueses, pelo serviço público de promoção do Desporto. Na sua missão de serviço público promove a diversidade de cobertura do universo desportivo, englobando um conjunto muito abrangente de modalidades, tanto na rádio como na televisão. A RTP é o único canal televisivo que faz regularmente transmissões de diferentes modalidades, tanto no sector masculino como feminino, e que acompanha com equipas de jornalistas no local as participações dos atletas portugueses em competições internacionais.

REXONA: A REXONA (Grupo Unilever) tem como objetivo inspirar as pessoas a mexerem-se mais, porque acredita que o movimento tem o poder de transformar vidas.

A campanha “Mais para dar” procura inspirar os portugueses com histórias de superação de desportistas que conseguiram ultrapassar momentos difíceis. Os quatro anúncios que a integram são protagonizados pela lançadora Irina Rodrigues, pelo andebolista Rui Silva, pela ginasta Filipa Martins e pelo antigo campeão nacional de boxe e atleta paralímpico Jorge Pina, desportistas que pretendem incentivar os portugueses a praticar mais desporto.

Prémio Projeto Social Desportivo “Groupe Renault”

LIPOR: A LIPOR transformou o antigo Aterro Sanitário de Ermesinde/Baguim do Monte, com cerca de 19 hectares, no Parque Aventura, um espaço de promoção da atividade física, da alimentação saudável, do respeito pelo ambiente e de socialização. O projeto envolve ações em prol do conhecimento e da preservação da biodiversidade, num espaço de recreio e lazer, ao ar livre, desenvolvido para promover a exploração do espaço exterior associado à atividade física.

A LIPOR criou também a Central de Valorização Energética, na Maia, onde o lixo que não pode ser aproveitado por processos de compostagem e reciclagem, é sujeito a um processo de queima controlada para produzir vapor de água que vai gerar eletricidade numa turbina. Ao transformar o lixo em energia conseguem, diariamente, abastecer uma cidade.

A LIPOR está muito comprometida com a Sociedade, em especial com a participação desportiva, quer para benefício da saúde, quer para a sustentabilidade das competições desportivas e está a apoiar a carreira desportiva do jovem piloto português Rodrigo Seabra.

Prémio Inclusão no e pelo Desporto:

Projeto BIRD: O projeto BIRD – Base Integrada de Recursos para o Desporto, é desenvolvido pela APCAS – Associação de Paralisia Cerebral de Almada-Seixal junto dos alunos dos ensinos pré-escolar, básico e secundário com e/ou sem deficiência, a população com deficiência e sénior. Em 2022, o projeto abrangeu cerca de 1300 alunos, 675 familiares/ /voluntários, 100 seniores e cerca de 350 pessoas com deficiência.

O Projeto BIRD é um extraordinário exemplo de inovação social para a integração e inclusão no e pelo Desporto.

Prémio Equipa

Seleção de Andebol em Cadeira de Rodas: A seleção nacional de andebol em cadeira de rodas revalidou em 2023 o título de campeã europeia, ao derrotar na final a Espanha, por 21-20, na cidade francesa de Lyon. Portugal somou quatro vitórias no Europeu.

Em 2022, a equipa sagrou-se campeã mundial e europeia, em Leiria, ao vencer a seleção dos Países Baixos, por 18-10, na final da primeira edição da prova, que atribuiu o duplo título.

Portugal já tinha ganho quatro medalhas nas edições anteriores de Europeus: um ouro em 2018 e três pratas (2015, 2016 e 2019).

Seleção nacional de Futebol feminina: A Seleção Nacional Feminina disputou em 2023 pela primeira vez um Campeonato do Mundo, realizado na Nova Zelândia. Portugal disputou o Grupo E, com os Países Baixos, Estados Unidos e Vietname, alcançando uma vitória, diante do Vietname (2-0), e um empate, frente às então bicampeãs mundiais Estados Unidos (0-0). O desempenho no Mundial permitiu que pela primeira vez, a seleção chegasse ao top 20 do ranking feminino da FIFA, alcançando a 19.ª posição, a melhor de sempre, em agosto de 2023.

Prémio “Mulher, Empresa e Desporto - Água de Luso”

Alexandrina Cruz - Presidente do Rio Ave FC: Alexandrina Cruz tornou-se em 2023 na primeira mulher a presidir a um clube de futebol profissional da I Liga, o Rio Ave Futebol Clube.

A lista com Alexandrina Cruz como presidente da Direção foi a única a sufrágio, mas a adesão dos associados foi tão grande que foi batido o recorde de votantes.

É um dos maiores exemplos da conquista social no Desporto por uma mulher, um feito conseguido por mérito aliando capacidade, qualificação, trabalho e dedicação.

Prémio Especial “Patrocina Un Deportista” | Ecletismo Desportivo:

O Futebol Clube do Porto, Sport Lisboa e Benfica e Sporting Clube de Portugal há mais de um século que promovem o desporto em Portugal, proporcionando a prática de atividade física a milhares de jovens e adultos, tanto nas vertentes do Alto rendimento como lúdicas.

O prémio é um reconhecimento do trabalho diário que os três clubes fazem em prol do desenvolvimento desportivo e social, através da oferta em dezenas de modalidades, tanto no desporto regular como adaptado. Há muitos clubes e coletividades em Portugal que trabalham, arduamente, para a promoção do Desporto. Mas não há dúvidas de que sem o contributo destes três, denominados “grandes”, a história do Desporto luso não seria a mesma…

FC Porto: O Futebol Clube do Porto promove desde a sua génese a prática do desporto e da atividade física em dezenas de modalidades e nos vários escalões de formação. O clube aposta na oferta desportiva e é já uma das maiores potencias nacionais ao nível do desporto adaptado. A par com o Sporting CP e com o SL Benfica, o FC Porto é uma referência internacional incontornável em várias modalidades desportivas.

Sporting Clube de Portugal: A história do Sporting Clube de Portugal como clube multidesportivo está profundamente associada à evolução do desporto em Portugal, sendo mesmo o clube pioneiro na prática de várias modalidades desportivas em Portugal. A promoção do ecletismo era um dos principais objetivos do seu fundador, José Alvalade, e o Sporting é atualmente o clube nacional com mais atletas nos Jogos Olímpicos (158) e o clube português com as maiores delegações de sempre tanto nos Jogos Olímpicos (Rio 2016) como Paralímpicos (Tóquio 2020).

SL Benfica: Desde a origem que o Sport Lisboa e Benfica se revelou como um clube vocacionado para a prática de variadas modalidades desportivas. Além da vertente competitiva, o clube proporciona a prática de outras atividades físicas aos sócios, de caracter mais lúdico. Embora o futebol tenha sido desde sempre o principal desporto do clube, mesmo nos seus primórdios os lisboetas se impuseram nas mais diversas modalidades.

Prémio Especial “Fundação do Desporto”

Carlos Lopes: Carlos Lopes é uma das maiores figuras de sempre do atletismo mundial e do desporto português.

Em 1976 conquistou a medalha de prata nos 10.000 metros dos Jogos Olímpicos de Montreal, a primeira da história do Atletismo português. Em 1984, com 37 anos, regressou aos Jogos Olímpicos, em Los Angeles, para correr a maratona, apesar de até aí ter apenas participado em três maratonas e completado somente uma. Conquistou a primeira medalha de ouro de Portugal e estabeleceu um novo recorde olímpico (2h9m21s). No ano seguinte, foi o primeiro corredor a completar a maratona em menos de 2 horas 8 minutos.

Antes disso, já tinha sido Campeão Mundial de Corta Mato por três vezes e vice-campeão por duas, tendo ajudado o Sporting a vencer sete Taças dos Campeões Europeus, competição que ganhou individualmente 3 vezes. Foi recordista europeu dos 10.000 metros, com o tempo de 27h4m39s.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos