(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Birdwatching
(Z4) 2021 - Reduzir o Desperdício

CDU de Lagos solicita criação de mesas de voto em Espiche e Chinicato

CDU de Lagos solicita criação de mesas de voto em Espiche e Chinicato

No passado dia 28 de Agosto, a Comissão Coordenadora de Lagos da Coligação Democrática Unitária (CDU) enviou ao presidente da Câmara Municipal de Lagos, Hugo Pereira, uma proposta considerando o disposto no n.º 68 da Lei Eleitoral para as Autarquias Locais, que determina que compete ao Presidente da Câmara Municipal, até ao 35.º dia anterior ao dia da eleição, determinar as secções de voto e os respectivos desdobramentos e comunicá-los imediatamente à correspondente Junta de Freguesia.

Considerando que a proximidade das respectivas mesas de voto é, segundo a coligação, «um factor de grande relevância para apoiar os cidadãos eleitores na prática do acto de cidadania que é a participação nos actos eleitorais» e que «há freguesias do nosso concelho que abrangem núcleos urbanos com população significativa, mas dispersos no território cujas distâncias à sede da freguesia constituem um factor inibidor da participação das respectivas populações nos actos eleitorais», a CDU decidiu propôr ao Presidente da Câmara Municipal que proceda ao desdobramento das secções de voto das freguesias de S. Gonçalo de Lagos e da Luz, criando mesas de voto em Espiche e Chinicato.

Deste modo, serão abrangidos os eleitores de Almádena (Espiche) e Sargaçal (Chinicato).

Conforme explica a CDU em nota dirigida aos meios de comunicação, de acordo com o censo de 2011, em Lagos encontram-se nesta situação os núcleos urbanos de Sargaçal e Chinicato da Freguesia de S. Gonçalo de Lagos, com respectivamente 333 e 1.583 habitantes, bem como os de Almádena e Espiche na Freguesia da Luz, com 567 e 862.

«Estranhamos que até esta data não nos tenha sido dada qualquer resposta à carta com a nossa proposta, uma vez que a decisão sobre as secções de voto do concelho tem que ser comunicada pelo Presidente da Câmara às juntas de Freguesia até ao próximo dia 22 do presente mês, pelo que decidimos divulgar publicamente esta nossa iniciativa», reitera a CDU.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos