(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre
(Z4) 2024 - CM Lagos - Agenda de Eventos

Escultura de Pedro Cabrita Reis inaugurada no Jardim da Alameda

Escultura de Pedro Cabrita Reis inaugurada no Jardim da Alameda

Peça “Neptuno”, que estava desde 2020 no Museu Municipal de Faro, ficará agora de forma definitiva neste espaço verde da cidade

O programa oficial de comemorações do Dia do Município, que se assinala a 7 de setembro, teve início esta quarta-feira, dia 6 de setembro, com a inauguração da escultura “Neptuno”, obra original do reconhecido artista plástico Pedro Cabrita Reis, que depois de ter estado, desde 2020, no claustro do Museu Municipal, foi agora relocalizada no renovado Jardim da Alameda.

A obra, inspirada no tapete romano do mosaico do Deus Oceano, obra classificada como Tesouro Nacional exposta no Museu Municipal de Faro, foi criada por Pedro Cabrita Reis por ocasião da exposição “Quatro Esculturas e um Auto-Retrato”, com obras da Coleção de Serralves e trabalhos inéditos do artista.

Nascido em Lisboa mas residente no Algarve, Pedro Cabrita Reis esteve presente nesta inauguração e revelou-se “feliz por ter tido a possibilidade de criar esta escultura, a partir de um repto da Autarquia” e de agora vê-la integrar um jardim que, há uns anos, tinha “um aspeto um pouco mais triste e que agora, depois de requalificado, está lindo, além dos maravilhosos e enigmáticos pavões, voltou a estar cheio de crianças, famílias, pessoas que param e descansam, namorados...”.

“Um jardim é isto: um lugar de disfrute da natureza, nos centros da cidades, e esta escultura passa agora a ter também o mesmo valor que estas árvores, passa a fazer parte de uma ‘floresta de pensamento’”, concluiu poeticamente este que é um dos mais reconhecidos artistas plásticos nacionais e internacionais.

Também Rogério Bacalhau, Presidente da Câmara Municipal, agradeceu toda a disponibilidade e o trabalho de Pedro Cabrita Reis, artista consagrado que, “além de ‘algarvio’, também já é munícipe farense e tem sido um amigo do concelho de Faro, pelo que nos tem ajudado a crescer na área cultural”.

“O Jardim da Alameda era um espaço que estava a morrer e foi reaberto há cerca de um ano após ser completamente requalificado e agora, além da vida que já tem, fica certamente muito mais rico com a instalação desta peça de um artista tão reconhecido nacional e internacionalmente como o Pedro Cabrita Reis”, concluiu Rogério Bacalhau.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos