(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Birdwatching
(Z4) 2021 - Reduzir o Desperdício

DGRM renova certificação do Sistema de Gestão da Qualidade

DGRM renova certificação do Sistema de Gestão da Qualidade

A Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, renovou com sucesso a certificação da Qualidade, em conformidade com os requisitos da norma NP EN ISO 9001, conferida pela SGS ICS - Serviços Internacionais de Certificação, no âmbito do processo de emissão "Certificados de Marítimos”. 

A renovada aposta na Qualidade teve início em 2017 com a certificação de todas as actividades operacionais do Estado de bandeira, respondendo aos desafios colocados pela Comissão Europeia à Administração Marítima de Portugal.

Assim, a DGRM tira partido de uma política da Qualidade, visando a promoção da melhoria contínua, tendo como objectivo a satisfação das necessidades dos seus utentes e demais partes interessadas, a dinamização da economia e a protecção dos direitos e interesses dos cidadãos. 

A DGRM tem como missão o desenvolvimento da segurança e serviços marítimos, incluindo o sector marítimo-portuário, a execução das políticas de pesca, da aquicultura, da indústria transformadora e actividades conexas, a preservação e conhecimento dos recursos naturais marinhos, bem como garantir a regulamentação e o controlo das actividades desenvolvidas nestes âmbitos.

Enquanto serviço do Estado e para a prossecução desta missão, o Sistema de Gestão da Qualidade visa a promoção efectiva dessa melhoria contínua, tendo como objetivo a satisfação das necessidades dos seus utentes e demais partes interessadas, a dinamização da economia e a protecção dos direitos e interesses dos cidadãos.

De acordo com José Carlos Simão, Diretor Geral da DGRM “a renovação da certificação agora obtida, enquadra-se num programa mais vasto de modernização e melhoria dos serviços prestados por esta Direcção-Geral, onde a aposta na simplificação e na desmaterialização dos procedimentos, maximizando a eficiência dos serviços prestados e garantindo a segurança da informação, é um dos pilares essenciais”.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos