(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Programa Vacinação Infantil

ACTA - companhia de teatro do Algarve - excluída de apoios é cratera aberta na cultura da região

ACTA - companhia de teatro do Algarve - excluída de apoios é cratera aberta na cultura da região

O PSD Algarve tomou conhecimento dos resultados do concurso da Direcção Geral das Artes, incluída no Ministério da Cultura, os quais excluíram de apoios para os próximos quatro anos cinco instituições culturais do Algarve, entre as quais a importantíssima ACTA, a par do JAT – Coletivo Janela Aberta Teatro - Associação Cultural, a Mãozorra Associação Cultural, a Folha de Medronho – Associação de Artes Performativas.

Cristóvão Norte, Presidente do PSD Algarve, assinala “cronicamente a cultura tem tido escasso apoio na região, o que é um erro -, mas isto ninguém esperava. Sem desprimor para todos os projectos, a preponderância que a ACTA tem na região, também do ponto de vista do serviço escolar e itinerante que presta - verdadeiro serviço público -, pelo que a sua exclusão é um absurdo tão grande que não encontro justificação. Já indiquei aos deputados do PSD a importância de procurar reverter esta decisão, interpelando o Governo, e sei que o Presidente da Câmara de Faro já escreveu ao Ministro sobre isto. Estamos todos empenhados a que esta injustiça não prossiga".

O PSD Algarve entende que, para além da questão dos apoios do Estado, está patente a ausência de uma verdadeira e efectiva política de cultura integrada na região, a qual seja capaz de elevar um discurso cultural criador de valor, distinguindo e zelando por aspectos específicos de identidade arquitectónica, paisagística, museológica, patrimonial e de produção, fruição e consumo cultural, a qual se inscreve nas oportunidades fundamentais de desenvolvimento da região.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos