(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre
(Z4) 2024 - CM Lagos - Marchas Populares

Concerto de Capicua e exposição no Caleidoscópio na celebração dos 50 anos da criação FAOJ

Concerto de Capicua e exposição no Caleidoscópio na celebração dos 50 anos da criação FAOJ

O Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) celebra esta terça-feira, dia 30 de abril, os 50 anos da criação do Fundo de Apoio aos Organismos Juvenis (FAOJ) e o Dia do Associativismo Jovem, com um completo programa de atividades.

No Caleidoscópio, em Lisboa, pelas 17h30, será inaugurada a exposição «50 ANOS A SER JOVEM: 30 de abril de 1974 - criação do Fundo de Apoio aos Organismos Juvenis (FAOJ)», que estará patente na Galeria de Exposições da Direção Regional do Algarve, em Faro, de 20 de setembro a 19 de outubro.

Esta é uma exposição onde se dá a conhecer parte da história da juventude em Portugal e na Europa, a evolução das instituições dedicadas à juventude, além de testemunhos de personalidades relevantes nas políticas de juventude, que se afirmaram em diversas áreas da vida cívica e política.

É uma exposição pontuada por curiosidades, objetos e ilustrações, num percurso dinâmico onde não falta informação útil, envolvendo os visitantes no conhecimento e na construção da história da democracia portuguesa.

A mostra estará aberta ao público, todos os dias, das 10h00 às 19h00, até ao dia 2 de junho, percorrendo de seguida o país através das direções regionais do IPDJ, a saber:

DR Norte – Casa das Associações, Porto (de 8 de junho a 6 de julho):
DR Centro – Sala Polivalente, Coimbra (de 13 de julho a 10 de agosto);

DR Alentejo – Biblioteca Municipal de Portalegre (de 17 de agosto a 14 de setembro);

DR Algarve – Galeria de Exposições, Faro (de 20 de setembro a 19 de outubro);

DR Lisboa e Vale do Tejo – Centro de Juventude de Lisboa, Parque das Nações (de 26 de outubro a 30 de novembro).

Ainda esta terça-feira, a partir das 20h45, no Auditório da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa, com entrada gratuita, decorrerá a sessão de entrega dos prémios das Boas Práticas do Associativismo Jovem, que contará com a sessão de poesia performativa «Silêncio do Cravo Eterna Vila», por Maria Caetano Vilalobos; a dança e percussão tradicional africana, por Batoto Yetu; e, por fim, o concerto da artista Capicua.

O FAOJ é o organismo precursor do IPDJ e foi criado pela Junta de Salvação Nacional cinco dias depois do 25 de Abril de 1974 de forma a ajustar as estruturas de apoio às iniciativas juvenis e às novas realidades no domínio da ocupação dos tempos livres “integrados numa permanente formação democrática, com vista à participação esclarecida das pessoas jovens na vida coletiva”.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos