(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre

Velejadores portugueses adiam qualificação olímpica

Velejadores portugueses adiam qualificação olímpica

Terminaram hoje em Vilamoura os Campeonatos da Europa das classes 49er, 49er FX e Nacra 17, prova que serviu também de qualificação para os próximos Jogos Olímpicos. Pedro Costa e João Bolina, em 49er, não conseguiram assegurar o lugar em Paris 2024, adiando para a Semana Olímpica de Hyères, França, a eventual qualificação.

A ausência total de vento impediu a realização das últimas regatas dos Campeonatos da Europa de 49er, 49er FX e Nacra 17, inclusive das 3 Medal Races previstas para hoje.

O vento fraco foi a nota dominante destes Europeus que decorreram durante 6 dias em Vilamoura e que serviram também como prova qualificativa para os próximos Jogos Olímpicos.

Na classe 49er, 9 países procuravam garantir em Vilamoura, a única vaga europeia disponível para Paris 2024. Portugal era um desses países, representado por Pedro Costa e João Bolina, a única equipa nacional em competição.

Apesar de ter integrado a frota de ouro, composta pelas 25 melhores equipas, a dupla portuguesa terminou o europeu na 24ª posição, com 12 regatas realizadas. Uma prestação que não permite a tão desejada qualificação mas que deixa muitas informações úteis para estes velejadores que começaram na classe 49er há apenas um ano e meio e que irão enfrentar nova oportunidade de qualificação na Semana Olímpica de Hyères, França, em Abril próximo:

«Sentimos que temos uma evolução muito grande a cada dia que passa. A Semana de Hyères ainda está muito longe, temos muitos dias pela frente até lá. Por isso, vamos fazer tudo para chegarmos numa boa posição. Agora vamos fazer algumas afinações no equipamento, no mastro e nas velas, com o objetivo de conseguir melhorar a nossa performance com mais vento, acima dos 10 nós» refere Pedro Costa.

A lutarem também para integrar o projeto olímpico, Pedro Costa e João Bolina sabem que a sua preparação nos próximos meses estará muito dependente do financiamento disponível. Para a Federação Portuguesa de Vela, os 2 velejadores demonstraram nestes europeus que estão no bom caminho:

«O objetivo que traziam era ficar nos primeiros 2 terços da classificação geral. O que eles fizeram foi muito acima das expectativas e dos objetivos. É uma classe nova, requer muito tempo de treino. Esta classe é um puro desafio técnico e tático, exige perseverança e eles têm tido. Os resultados estão a começar a aparecer. Está tudo em aberto. Se continuarem neste processo evolutivo, há excelentes hipóteses», realçou Luís Rocha, Diretor Técnico Nacional da Federação Portuguesa de Vela.

Na classe 49er, os novos campeões europeus são os franceses Lucas Rual e Emile Amoros. Itália foi o país que conseguiu preencher a única vaga europeia para os Jogos Olímpicos.

Com um campeonato bastante consistente e após 13 regatas concluídas, as norueguesas Helene Naess e Marie Ronningen alcançaram o título europeu em 49er FX. Nesta classe, coube a Itália assegurar o bilhete para Paris 2024.

Finalmente em Nacra 17, a dupla da Grã Bretanha John Gimson e Anna Burnet sagrou-se campeã europeia depois de ter vencido 7 das 13 regatas realizadas. Também nesta classe, Itália conseguiu qualificar-se para os Jogos Olímpicos.

Estes Campeonatos da Europa foram organizados pelo Vilamoura Sailing e contaram com a participação de 400 velejadores vindos de 34 nações. É de realçar que pela primeira vez, Portugal recebeu um evento de qualificação olímpica para 3 classes em simultâneo

Fotos Créditos: Prow Group Media

  • PARTILHAR   

Outros Artigos