(Z1) 2022 - Água - Poupe Hoje Para Não Faltar No Verão

Município de Aljezur atento à situação dos deslocados da Ucrânia no concelho

Município de Aljezur atento à situação dos deslocados da Ucrânia no concelho

Perante a grave situação humanitária provocada pela invasão da Ucrânia, que obriga à fuga de milhões de cidadãos ucranianos do seu país, em busca de acolhimento e apoio na Europa, também vários cidadãos ucranianos estão a chegar ao concelho. 

Ao momento não se conhece o número exato dos que já chegaram, uma vez que este movimento está a ser realizado por familiares e amigos que já residem no concelho de Aljezur; mas outras pessoas deslocadas chegam através do apoio da Associação dos Ucranianos em Portugal.

O Municipio de Aljezur tem conhecimento oficial de duas famílias, no total de 3 mulheres e 3 crianças, que chegaram nos últimos dias a Aljezur através do apoio da Associação dos Ucranianos em Portugal, que comunicou ao Município a chegada destas famílias, tendo-se feito a articulação com o Alto Comissariado para as Migrações do Algarve, uma vez que outras pessoas e famílias irão ainda chegar ao concelho.

Para o apoio a estas famílias foi de imediato acionado o Serviço de Acção Social do Município, tendo-se providenciado já o seu acompanhamento junto do SEF a fim de tratarem do seu registo para Protecção Temporária, essencial para terem acesso às medidas e apoios de âmbito nacional, assim como entrega de alguns bens essenciais.

Entretanto e porque também sabemos que pedidos de ajuda estão a ser feitos a diversas entidades socio caritativas do concelho, que a sociedade civil e a comunidade de Aljezur se vai mobilizando para prestar apoio e que os serviços públicos como a Saúde, a Educação, a Segurança Social, entre outros, também são chamados a esta missão, foi já marcada uma reunião extraordinária da Rede Social do concelho de Aljezur, para a próxima segunda-feira, a fim de articular a intervenção entre os diversos serviços públicos e os parceiros sociais que atuam no concelho.

Também alguns empresários do concelho já contactaram o Município manifestando a sua vontade de participar nesta missão e disponibilizando-se para acções que possam melhorar o acolhimento e integração destas pessoas.

Por fim apela-se a quem tenha conhecimento de pessoas deslocadas da Ucrânia e que necessitem de informação, apoio e encaminhamento, nomeadamente na articulação com o SEF e outros serviços públicos, que devem dirigir-se ao Serviço de Ação Social do Município de Aljezur, no edifício da antiga Escola C+S.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos