(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre
(Z4) 2024 - CM Lagos - Marchas Populares

Parabéns a todos os vencedores da 2.ª edição do prémio Jornalismo de Excelência Vicente Jorge Silva

Histórias inspiradoras que celebram o jornalismo e o jornalista
Parabéns a todos os vencedores da 2.ª edição do prémio Jornalismo de Excelência Vicente Jorge Silva

Teve ontem lugar no Clube dos Jornalistas a cerimónia de apresentação do artigo vencedor da 2.ª edição deste prémio, que presta homenagem a um nome incontornável na história contemporânea do jornalismo em Portugal e a todos os profissionais, que levam mais longe as suas histórias. Esta iniciativa da Imprensa Nacional–Casa da Moeda, realizada em parceira com o Clube de Jornalistas, reuniu 45 candidaturas de 42 profissionais e 19 meios de comunicação social.

A cerimónia foi marcada por um ambiente intimista de celebração, partilha e homenagem, contando com a presença de familiares e amigos de Vicente Jorge Silva, para além da presença do Senhor Ministro da Cultura, do Senhor Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, da Presidente do Clube de Jornalistas, da Presidente do Conselho de Administração da Imprensa Nacional-Casa da Moeda, dos membros do júri e dos premiados.

O desafio da nomeação do artigo vencedor pelos elementos do júri desta 2.ª edição, Nicolau Santos, que preside, Manuel Carvalho, João Vieira Pereira, Luísa Meireles e Francisco Belard, foi elevado, pela qualidade dos textos recebidos, levando o júri a atribuir duas menções honrosas.

“Por ti, Portugal, eu juro!” é o artigo vencedor, de Sofia da Palma Rodrigues - Editora Executiva -, Diogo Cardoso – Director -, e Luciana Maruta – Jornalista. Este artigo, publicado na Divergente, retrata o cenário durante a Guerra Colonial, em que milhares de africanos combateram ao lado de Portugal e arriscaram a vida pela pátria que acreditavam ser sua. A mesma pátria que os abandonou depois da Revolução de Abril. Quase 50 anos depois, os Comandos Africanos da Guiné contam pela primeira vez a sua história. Uma história de guerra, perseguição e morte. Uma história de denúncia de um Estado que os usou, explorou e, por fim, descartou.

As duas menções honrosas foram atribuídas aos artigos “Os 25 anos do Rendimento Social de Inserção: O RSI não é um sítio aonde eu queira voltar”, da autoria de Natália Faria – Jornalista -, e Paulo Pimenta – Fotojornalista; e “Corrupção em África? Gabriel Obiang mostra como se faz”, de Micael Pereira - Grande Repórter.

O primeiro artigo, publicado no Jornal Público, foca o impacto do Rendimento Social de Inserção (RSI), o principal instrumento de combate e minimização da pobreza em Portugal, no ano em que fez 25 anos, dando rosto aos beneficiários daquele que é o apoio mais escrutinado social e politicamente, por ter inaugurado uma nova geração de políticas sociais.

O segundo artigo, publicado no Jornal Expresso, é o resultado de uma investigação jornalística que demorou cerca de seis meses, em colaboração com jornalistas de outros países, incluindo a Guiné Equatorial, a Holanda, a Espanha e o Chipre, coordenados pelo OCCRP (Organized Crime and Corruption Reporting Project), um consórcio internacional de jornalismo de investigação, e que também publicou a história.

O Prémio Jornalismo de Excelência Vicente Jorge Silva atribuí anualmente uma bolsa para a investigação jornalística no valor de 5.000€, reconhecendo a importância da informação na construção de uma sociedade mais participativa e democrática.

A Imprensa Nacional–Casa da Moeda e o Clube de Jornalistas dão os parabéns aos vencedores desta edição e agradecem a todos os que nos inspiram com as suas histórias, contribuindo assim para a homenagem maior de Vicente Jorge Siva, um nome incontornável no jornalismo contemporâneo nacional.

Consulte toda a informação, descubra os artigos e recorde os melhores momentos desta cerimónia inesquecível em premiovicentejorgesilva.pt.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos