(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre
(Z4) 2024 - CM Lagos - Arte Doce

Mais de 40% dos portugueses reduziram a frequência com que utilizam o carro

Mais de 40% dos portugueses reduziram a frequência com que utilizam o carro

A Liberty Mutual, em parceria com a Kantar e a Red C, acaba de divulgar o estudo “Poupança Automóvel e Férias de Verão” para a Liberty na Europa (Portugal, Espanha, Irlanda e Irlanda do Norte). A análise, que decorreu em março e abril de 2023, recolheu as respostas de 503 portugueses, 804 espanhóis e 510 irlandeses.

Num contexto económico desafiante, quando questionados sobre que opções fizeram nos últimos seis meses para reduzir as despesas relacionadas com o carro em resposta ao aumento do custo de vida, 43% dos portugueses indicaram que reduziram a frequência com que usam o seu carro. No âmbito da mesma questão, 27% responderam que passaram a utilizar os transportes públicos com mais frequência e 10% assumiram que adiaram a manutenção do seu carro, mesmo quando é necessária.

José Luis García Camiñas, Director Executivo de Produto da Liberty Seguros na Europa, destaca: “Os resultados do inquérito mostram o papel preponderante que o automóvel tem e continuará a ter na vida das famílias portuguesas como meio de transporte preferido. Nesse sentido, a boa manutenção dos veículos em circulação é uma condição imprescindível para garantir a segurança rodoviária, tanto em ocasiões especiais como as viagens como no dia-a-dia”.

Carro proporciona mais liberdade e flexibilidade

No mesmo inquérito foram analisadas as escolhas dos portugueses para viajar este ano. Questionados sobre como estão a planear viajar dentro das férias de verão, 36% dos portugueses indicaram que vão usar o carro para o destino de férias, que fica a duas horas ou mais de distância. Já 29% indicaram outros transportes (avião/ barco/ comboio/ autocarro). Por seu lado, 17% disseram que não vão viajar durante este verão.

Dois terços (67%) dos portugueses que vão fazer uma distância média a longa de carro nestas férias, tomam esta opção pela liberdade e flexibilidade que proporciona. Já 39% dos respondentes explicam que a opção do automóvel se deve ao facto de este transporte permitir tomar decisões de última hora.

Já da parte dos que referiram que os seus planos de férias de verão envolvem voar, usar transporte público ou uma viagem de carro curta, 28% referem que se deve ao facto de não conseguirem chegar ao destino de férias de carro e 23% dizem que as viagens de carro mais longas são muito caras. A sustentabilidade é ainda uma preocupação para 12% dos inquiridos, que referem que o transporte público é mais sustentável do que viajar de carro.

Estas e outras conclusões podem ser consultadas no portal corporativo da Liberty em www.libertycorporate.eu.pt.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos