(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Programa Vacinação Infantil

“Algarve + Sustentável”, divulgação, reflexão e debate sobre o presente e futuro do Turismo de Natureza do Algarve

“Algarve + Sustentável”, divulgação, reflexão e debate sobre o presente e futuro do Turismo de Natureza do Algarve

Durante 5 dias, entre 18 e 22 de Outubro, a vila de Aljezur recebeu a segunda fase do maior evento de turismo de natureza do Algarve, conquistando o interesse e a presença de mais de duas centenas de visitantes, entre crianças, adultos interessados nos temas, profissionais e empresários do turismo de natureza e entidades públicas.

Foram seis as empresas que expuseram as suas soluções sustentáveis para negócios de turismo de natureza, desde o surf à reabilitação de rios e ribeiras ou à apresentação de serviços para a promoção de territórios de baixa densidade. Já nas Oficinas dinamizadas por entidades públicas e privadas e dirigidas aos profissionais do sector, a “Oficina Sustentabilidade: Oportunidades de financiamento Programa Algarve 2030” foi a que cativou mais participantes.

O dia 21 foi totalmente dedicado ao debate e contou com cerca de 60 participantes. A abertura esteve a cargo dos representantes das entidades organizadoras: José Gonçalves, Presidente do Município de Aljezur, Aura Fraga, Presidente da Associação Vicentina, João Fernandes, Presidente da Região de Turismo do Algarve e, ainda, de Joaquim Brandão Pires, em representação de AMAL, e José Apolinário, Presidente da CCDR Algarve. Em debate, os 3º e 4º Eixos do Plano Turismo + Sustentável do Turismo de Portugal, sendo que a problemática da água na região e a necessidade de visão de setor do turismo de forma integrada com outras áreas como agricultura, foram os temas que geraram mais discussão.

No último dia, o evento esteve aberto ao público em geral com diversas atividades de turismo de natureza, momentos culturais e oficinas de artesanato. Estas últimas, de construção de caixas ninhos, de vassourinhas de palma e de caixinhas para guardar memórias, dinamizadas respetivamente pela Vita Nativa, pela Proactivetur e Cooperativa Qrer foram as que cativaram o interesse dos mais jovens.

A animação durante todo o evento esteve sempre a cargo de artistas algarvios, nomeadamente, Gonçalo Pescada e Mário Marques com o projecto “Rouge”, Banda Filarmónica de Aljezur, Al-Fanfare e Mateus Verde com o projecto “Sons do Chão".

  • PARTILHAR   

Outros Artigos