(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir

Algarve é a região do país com a média de salários mais baixa

Na plataforma Brighter Future da Fundação José Neves é possível fazer o Raio X das Regiões de Portugal sobre Emprego, Salários e Educação
Algarve é a região do país com a média de salários mais baixa

O Algarve é a região do país que apresenta a média de salários mais baixa (1.054€) do país. Entre 2010 e 2020, o salário médio aumentou, em termos reais, apenas 41€. É também onde se verifica menor discrepância salarial entre homens e mulheres (-96€). Os trabalhadores entre os 45 e os 54 anos recebem o maior salário médio (1.130€) e os da faixa etária entre os 15 e os 24 anos têm um salário médio inferior a 867€. Os controladores de tráfego aéreo e de segurança de sistemas electrónicos (7.332€) estão entre as profissões que pagam melhor. Já os sectores da electricidade, gás, vapor, água e ar (2.092€) e as atividades financeiras e de seguros (2040€) são dos que oferecem melhores salários.

Esta é a região que apresenta a maior percentagem de trabalhadores com menos de 35 anos (32%) no país - a par da Área Metropolitana de Lisboa –, logo seguidas pela Região Autónoma dos Açores. Dada a atractividade turística da região, o sector que mais empregos gera é, naturalmente, o do alojamento e restauração (24%), bem como o do comércio a retalho (15%). Os trabalhadores têm, maioritariamente, entre os 35 e os 44 anos (27%), entre os 45 e os 54 anos (24%) e entre os 25 e os 34 anos (23%). Entre 2010 e 2020, o número de trabalhadores na região cresceu 13%, atingindo os 143 mil. Em 2019, no período pré-pandémico, foi quando se registou o maior número de trabalhadores na região (158.616).

Depois do Alentejo e da Região Autónoma dos Açores, o Algarve é a região do país com a menor percentagem de trabalhadores com o ensino superior (16%). A maior parte dos trabalhadores frequentou apenas o ensino básico (49%) e o secundário (35%), cerca de 14% têm uma licenciatura. A saúde, as ciências empresariais e as engenharias e técnicas afins são as áreas de formação mais comuns. O número de desempregados entre os recém-diplomados diminuiu quase 4%, entre 2014 (9,1%) e 2021 (5,4%).

Todos estes dados e muitos outros podem ser consultados no Raio X das Regiões da plataforma Brighter Future da Fundação José Neves, disponível através do link https://brighterfuture.joseneves.org/raio-x-regioes.

O portal Brighter Future da Fundação José Neves é a maior base de conhecimento sobre Educação, Empregabilidade e Competências em Portugal, permitindo comparar e relacionar informações sobre cerca de 4.500 cursos e formações, mais de 1800 profissões e mais de 1800 competências relevantes.

Esta ferramenta disponibiliza informação de qualidade, que poderá suportar a tomada de decisões, sobre percursos educativos e profissionais, baseadas em factos. Oferece, ainda, Insights (informação agregada e sucinta sobre matérias mais relevantes), Guias (documentos para ajudar na tomada de decisões conscientes, baseados em factos, que impactam as dimensões educativa, profissional e/ou o desenvolvimento pessoal) e um Simulador de carreira (ferramenta que fornece informação necessária para a identificação e comparação de possíveis caminhos profissionais, bem como dos requisitos para darem esse passo).

São parceiros da FJN no portal Brighter Future, o INE, a DGES, as Universidades do Minho e de Aveiro, as tecnológicas Microsoft, Outsystems e Contentful, entre outros.

Sobre a Fundação José Neves

A Fundação José Neves (FJN), instituição sem fins lucrativos, foi fundada por José Neves, empreendedor e fundador da Farfetch. Está focada na Educação e nas competências do futuro e tem como missão ajudar a transformar Portugal numa Sociedade do Conhecimento e colocar o País na liderança do desenvolvimento humano. Para atingir os seus objectivos, a Fundação José Neves aposta em programas e ferramentas práticas (como a plataforma Brighter Future, o programa ISA FJN e a app 29k FJN) que permitem a qualquer cidadão encontrar soluções para continuar a aprender ao longo da vida e a promover o desenvolvimento pessoal.

Mais informações disponíveis em http://joseneves.org/pt/media.

Sobre o Brighter Future

O portal Brighter Future é a maior base de conhecimento sobre Educação, Empregabilidade e Competências em Portugal, ao permitir comparar e relacionar informações sobre cerca de 4.500 cursos e formações, mais de 1800 profissões e mais de 1800 competências relevantes. Disponibiliza informação de qualidade para escolher um futuro baseado em factos / tomar decisões sobre percursos educativos e profissionais de forma consciente e informada, e ainda Insights (informação agregada e sucinta sobre matérias mais relevantes), Guias (documentos para ajudar na tomada de decisões conscientes e Simulador de carreira e baseadas em factos, que impactam as dimensões educativa, profissional e/ou o desenvolvimento pessoal)e um Simulador de carreira (ferramenta que permite dar aos portugueses a informação necessária para identificarem e compararem possíveis caminhos profissionais e os requisitos para darem esse passo. São parceiros da FJN no portal Brighter Future, o INE, a DGES, as Universidades do Minho e de Aveiro, as tecnológicas Microsoft, Outsystems e Contentful, entre outros.

Sobre o ISA FJN

O ISA FJN é um programa de bolsas reembolsáveis baseado no modelo de acordo de partilha de rendimentos (Income Share Agreement) e tem como objectivo apoiar os portugueses no acesso aos cursos e formações que lhes permitam adquirir as competências para os empregos do futuro, através do pagamento integral da propina. Dirigido aos estudantes e também a todos aqueles que já estão no mercado de trabalho, o ISA FJN facilita o acesso dos portugueses a cursos e formações onde existe uma grande necessidade de talento. O estudante só reembolsará este apoio à Fundação quando e se atingir as condições previamente definidas.

Sobre o 29k FJN

O 29k FJN é um programa de desenvolvimento pessoal lançado pela Fundação José Neves com o objectivo de fortalecer a saúde mental, o equilíbrio emocional e o bem-estar, de forma a ajudar a potenciar o desenvolvimento pessoal de 1 milhão de portugueses. O novo programa da FJN é totalmente digital e gratuito, disponibiliza cursos, exercícios e meditações em português e está ao alcance de todos, através de uma aplicação disponível para iOS e Android que pode ser descarregada no link https://joseneves.org/pt/29-k-fjn.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos