(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2021 - Concurso de Fotografia

AHRESP pede «urgente reforço» do programa "Apoiar Rendas"

AHRESP pede «urgente reforço» do programa "Apoiar Rendas"

Perante mais um confinamento, com empresas encerradas e uma situação económica cada vez mais frágil para o país e para o Algarve, é para a AHRESP «urgente» que o Governo reforce o Apoiar Rendas disponibilizado à data presente, mas anunciado num quadro que não previa este novo confinamento.

O programa Apoiar Rendas atribui um apoio a fundo perdido para as rendas não habitacionais e o valor do apoio varia entre 30% a 50% do valor da renda, consoante a quebra de facturação registada pela empresa, o que, perante a actual situação, é «manifestamente insuficiente», segundo a Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal.

Medida Apoiar.pt recebeu 48 mil candidaturas

Neste contexto, vale recordar que, entre 25 de Novembro de 2020 e 30 de Janeiro de 2021, o programa Apoiar.pt recebeu cerca de 48 mil candidaturas, correspondendo a um incentivo solicitado de 558 milhões de euros por parte das empresas que atuam nos sectores mais afectados pelas medidas excepcionais de mitigação da crise sanitária.

Num trabalho interorganismos COMPETE 2020, IAPMEI [Agência para a Competitividade e Inovação] e Turismo de Portugal, já foram aprovadas mais de 36 mil candidaturas, correspondendo a 546,5 milhões de euros de apoio de Fundos da União Europeia, onde se inclui o apoio extraordinário para o quarto trimestre de 2020, tendo sido efectuados pagamentos no total de 268 milhões de euros.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos