(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2021 - Concurso de Fotografia

AHRESP defende planos de amortização de médio e longo prazo

AHRESP defende planos de amortização de médio e longo prazo

Considerando o stock da dívida resultante das moratórias bancárias, financeiras e fiscais, a Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) defende que devem ser criados planos de amortização de médio e longo prazo entre 8 a 10 anos.

No âmbito do renovado Estado de Emergência, o Governo anunciou, em comunicado do Conselho de Ministros, que irá manter as regras actualmente vigentes até às 23:59 horas do próximo dia 1 de Março. Assim sendo, a AHRESP continua a reivindicar não só a criação de planos de amortização de médio e longo prazo, como também deve ser alargado o período de carência das linhas de apoio à economia Covid-19, no mínimo, até dia 30 de Junho de 2022.

Recorde-se que a AHRESP tem lutado no sentido de estender ao máximo os apoios às empresas do sector da Restauração e similares e do Alojamento turístico, que com a pandemia acabam por sair fragilizadas, especialmente na região do Algarve.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos