(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Arte Doce

Centro de Simulação Clínica da Faculdade de Medicina e Ciências Biomédicas da Universidade do Algarve, esteve de portas abertas à população

Centro de Simulação Clínica da Faculdade de Medicina e Ciências Biomédicas da Universidade do Algarve, esteve de portas abertas à população

O primeiro dia aberto desta iniciativa, decorreu na passada terça-feira, 18 de junho.

No âmbito da iniciativa DIAS ABERTOS, promovida pelo Programa Regional ALGARVE 2030, com o objetivo de sensibilizar e incentivar os cidadãos a conhecerem projetos financiados pela União Europeia perto do local onde vivem, evidenciando a importância dos fundos europeus para o desenvolvimento regional, ao longo dos meses de junho, julho, setembro e outubro, os cidadãos serão convidados a conhecer, através de visitas guiadas, projetos ligados a diferentes áreas, designadamente solidariedade social, saúde, inovação e ciência, passando por projetos empresariais, cultura e património cultural.

O primeiro dia aberto desta iniciativa, decorreu na passada terça-feira, 18 de junho, no Centro de Simulação Clínica da Faculdade de Medicina e Ciências Biomédicas que presta ensino pré-graduado e pós-graduado e permite a formação e desenvolvimento profissional ao longo da vida para os profissionais de saúde da região sul do país.

Considerado um dos projetos pioneiros no uso da simulação clínica em formação o projeto contou com financiamento do Programa Operacional CRESC ALGARVE 2020, o qual permitiu que fosse equipado com material de topo, podendo ser considerado como um dos Centros de Simulação Clínica ao nível do que melhor se faz na Europa.

Oficialmente inaugurado a 1 de março do ano passado, já passaram pelo centro de simulação, mais de 1500 formandos, entre médicos e enfermeiros.

Nas palavras de Inês Araújo, diretora da Faculdade de Medicina e Ciências Biomédicas da Universidade do Algarve, «Este investimento com os fundos europeus torna-nos numa estrutura altamente qualificada e diferenciada na região, que nos põe no mapa da simulação não só em Portugal mas na Europa também e que nos permite dar uma estrutura formativa que anteriormente não tínhamos capacidade para oferecer»

Das dezenas de ações que já decorreram no Centro de Simulação Clínica, destaca-se o Curso Europeu de Trauma e Cirurgia - promovido pelo HPA com o patrocínio científico da European Society for Trauma and Emergency Surgery (ESTES) e da American Association for the Surgery of Trauma; o Curso Via Aérea difícil para anestesistas - organizado pela Sociedade Portuguesa de Anestesiologia com o patrocínio científico da European Airway Management Society; o Congresso SPSIM 2024 (encontro nacional dedicado à Simulação Aplicada às Ciências da Saúde em Portugal); ATLS (Advanced Trauma Life Support for Doctors) - sob orientação da Sociedade Portuguesa de Cirurgia (SPC).

O Presidente da Comissão Diretiva do Programa Regional ALGARVE 2030, José Apolinário, frisou na sua intervenção, que “a investigação aplicada no âmbito da saúde foi umas das principais prioridades do Programa Algarve 2020 e continuará a ser no ALGARVE 2030.”

“O investimento no sistema de investigação com o objetivo de atingir 3% do PIB em 2030 - 2% das empresas e 1% do sector público- é uma meta e um indicador, nacional e europeu, associado ao Portugal 2030.

No Algarve, no final de 2022, com 54 milhões de euros o investimento em I&D representava 0,47 % PIB gerado na região.

Os Fundos Europeus geridos na região contribuirão para o objetivo de superar os 0,80% de investimento em I&D face ao PIB gerado no Algarve no final de 2030. “, refere ainda o Presidente da Comissão Diretiva da Autoridade de Gestão do Programa Regional Algarve 2030.

Leia aqui a intervenção completa do Presidente, José Apolinário.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos