(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2021 - Concurso de Fotografia

Bloco de Esquerda Algarve solicita apoio do Governo para os afectados pela pandemia na região algarvia

Bloco de Esquerda Algarve solicita apoio do Governo para os afectados pela pandemia na região algarvia

O Bloco de Esquerda (BE) Algarve defende que é necessária uma «rápida intervenção do poder central no apoio» da região algarvia, nomeadamente à população e às empresas que afectadas pela pandemia.

O BE afirma que o Algarve é das regiões do país que «sofreu o maior impacto económico e social, devendo o Governo avançar para a designação do Algarve como Região de Catástrofe Social e Económica, de forma a ultrapassar todas as burocracias que têm vindo a dificultar os apoios aos algarvios».

Constata que: «Se verifica-se que após as promessas avançadas pelo Governo em Julho de 2020, praticamente nada evoluiu na mitigação das enormes dificuldades surgidas com a crise económica na região», algo que o bloco concluiu através dos contactos e reuniões com as diversas entidades do Algarve, nomeadamente, ACRAL- Algarve; IEFP, Banco Alimentar-Algarve, União dos Sindicatos do Algarve, Algfuturo, RTA, Sindicato de Hotelaria do Algarve, etc.

Após estes contactos, acredita que: «O desespero é o denominador comum na região e se nada for feito rapidamente a situação atingirá uma proporção de extrema gravidade, com danos sociais inimagináveis».

De acordo com o BE: «Os baixos salários associados à precariedade laboral, são aspectos que rapidamente colocaram milhares de algarvios numa situação calamitosa, a que se junta a dificuldade das empresas e a chaga social do crescimento avassalador do desemprego, em virtude do sector do turismo estar totalmente parado e com perspectivas muito sombrias para a próxima época balnear.».

Assim, o Bloco de Esquerda Algarve entende «ser necessário avançar de imediato para medidas extraordinárias para a região, devendo o Governo actuar com a maior celeridade possível, declarando o Algarve como Região de Catástrofe Social e Económica».

  • PARTILHAR   

Outros Artigos