(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2023 - CM Lagos - Natal

“Violência não é Igualdade” - evento debate medidas de luta contra a violência laboral e doméstica

“Violência não é Igualdade” - evento debate medidas de luta contra a violência laboral e doméstica

Especialistas vão apresentar formas de construir um mundo de trabalho justo, digno, respeitoso e seguro

A luta pela igualdade de géneros continua a fazer-se em várias frentes e uma delas é a da erradicação da violência, seja a doméstica ou aquela que ainda existe no ambiente de trabalho, contra a mulher. Em vésperas do Dia Internacional da Mulher e porque “Violência não é Igualdade”, o iGen - Fórum Organizações para a Igualdade, com o apoio da Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego (CITE), organiza um evento subordinado a esse mesmo tema, que vai decorrer no próximo dia 7 de março, entre as 14h30 e as 17h30, de forma virtual.

“Sendo a violência doméstica, assim como o assédio no trabalho, um problema social universal e enraizado na sociedade, é também nossa missão combater todas as formas de violência contra as mulheres, contribuindo para a sua prevenção e eliminação”, refere Carla Tavares, presidente da CITE, a quem estará a cargo a abertura e encerramento do evento.

Pela sua dimensão, este tema tem merecido a atenção de várias organizações, como a organização Internacional do Trabalho, com a Convenção 190 e a Recomendação 206, que visam contribuir para a construção de um mundo de trabalho justo, digno, respeitoso e seguro para todos, ou ainda o Pacto contra a Violência, que tem como objetivo potenciar, junto das empresas, um efeito de colaboração que promova práticas internas de gestão de prevenção e combate à violência doméstica.

O evento, cuja sessão de abertura será presidida pela Secretária de Estado para a Igualdade e Migrações, Isabel Almeida Rodrigues, irá abordar estas temáticas através da intervenção de: Sónia Clarisse Gonçalves, Social Impact Manager da Randstad, que irá falar sobre o “Projeto Asas”; Sérgio Paixão Pardo, da Organização Internacional do Trabalho, a quem vai caber uma intervenção sobre a prevenção e mitigação dos efeitos da violência doméstica no mundo laboral e Sandra Ribeiro, presidente da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, que irá apresentar o Pacto contra a Violência.

Para assistir ao evento, basta aceder a https://youtube.com/live/S0QP1ESHcQw?feature=share

  • PARTILHAR   

Outros Artigos