(Z1) 2022 - Água - Poupe Hoje Para Não Faltar No Verão
(Z4) 2022 - Projecto Águas Sem Fronteiras

Urgência Pediátrica no Algarve: Bloco de Esquerda questiona Governo

Urgência Pediátrica no Algarve: Bloco de Esquerda questiona Governo

O Bloco de Esquerda (BE) teve conhecimento, através de um comunicado de um grupo de médicos do Centro Hospitalar do Algarve (CHUA), da situação preocupante vivida na Urgência Pediátrica do Hospital de Faro causada pela falta de profissionais, falta essa que está a colocar em risco a actividade assistencial aos utentes.

«A realidade é preocupante», refere o Bloco, uma vez que «para assegurar o Serviço de Urgência de Pediatria 24 horas por dia, sete dias por semana, restam apenas 6 pediatras e que neste momento estão reduzidos a 4 devido a baixas médicas». Isto configura «uma enorme sobrecarga de trabalho para estes profissionais», sobrecarga essa que «pode colocar em risco a qualidade do serviço prestado devido à exaustão dos médicos».

Neste sentido, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda enviou um conjunto de questões ao Ministro da Saúde:

1. Tem o Ministério da Saúde conhecimento desta situação?

2. Que medidas estão a ser tomadas pelo Conselho de Administração do CHUA para responder à falta de profissionais na Urgência Pediátrica do Hospital de Faro?

3. Entende a tutela a necessidade de garantir mais Pediatras naquele Centro Hospitalar?

4. De que forma pretende o Governo realizar esse reforço?

Segundo o BE, «tudo isto tem sido o resultado de uma política de anúncios por parte do PS e do Governo, política essa que é inconsequente e que continua a limitar as reais capacidades do Serviço Nacional de Saúde».

  • PARTILHAR   

Outros Artigos