(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre
(Z4) 2024 - CM Lagos - Arte Doce

REVITALGARVE promove tecnologia GPS para o controlo de rebanhos

REVITALGARVE promove tecnologia GPS para o controlo de rebanhos

O REVITALGARVE vai lançar, no próximo dia 18 de junho (terça-feira), um projeto piloto com tecnologias de geolocalização e monitorização para o controlo de rebanhos, através de duas ações demonstrativas.

De manhã, pelas 10 horas, em Algoz (Silves), com encontro na Junta de Freguesia de Algoz, irá decorrer uma ação numa exploração pecuária, com um criador da raça ovina churra Algarvia, e à tarde, pelas 15 horas, em Conceição de Tavira (Tavira), numa exploração frutícola (Quinta do Cabeço), que utiliza um rebanho de ovinos no controlo de infestantes, diminuindo a utilização de equipamentos e agroquímicos neste controlo, e contribuindo para o enriquecimento do solo em matéria orgânica.

A utilização e divulgação desta tecnologia, baseada em sistemas de informação georreferenciados (SIG), é uma das componentes previstas na Linha de Ação Conhecimento do REVITALGARVE, projeto que pretende contribuir para a revitalização das zonas rurais do Algarve.

Este projeto piloto incide em cinco rebanhos (quatro de ovinos e um de caprinos). Serão colocadas duas coleiras eletrónicas / rebanho, com o objetivo de acompanhar e monitorizar o comportamento dos animais durante a execução do projeto. A introdução desta tecnologia não irá apenas facilitar o trabalho dos pastores, pois será possível através do telemóvel conhecer a localização exata do seu rebanho, mas também possibilitar a obtenção de outros parâmetros produtivos. Vai igualmente promover uma melhor gestão da pastagem e do território, especialmente na manutenção de áreas mais limpas e resilientes aos incêndios rurais.

O REVITALGARVE é um projeto financiado pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), assente numa rede de doze parceiros públicos e privados, entre os quais a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve, I.P. - Agricultura e Pescas, que pretende criar um modelo de organização do Sistema Alimentar do Algarve, baseado numa Rede de Produtores Locais do Algarve (RPLA) e no consumo local dos produtos com origem na RPLA

  • PARTILHAR   

Outros Artigos