(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre
(Z4) 2024 - CM Lagos - Arte Doce

PCP promove acções no Algarve pelo Controlo de Preços do Cabaz Alimentar

PCP promove acções no Algarve pelo Controlo de Preços do Cabaz Alimentar

O PCP está a promover em todo o País, incluindo no Algarve, uma acção nacional de contacto com a população, junto das Grandes Superfícies Comerciais. 

Esta iniciativa tem como objectivo a divulgação da proposta do PCP para a fixação de preços dos bens alimentares, que será debatida amanhã quinta-feira e com votação na sexta-feira, dia 13, na Assembleia da República.

Os produtos alimentares essenciais fazem parte dos bens cujo acesso para a larga maioria da população não deve ficar dependente das estratégias de maximização de lucro dos grupos económicos do sector da grande distribuição.

Ao mesmo tempo que esmagam os preços pagos aos produtores e que aniquilam o pequeno comércio, a grande distribuição apropria-se de margens de lucro especulativas, que fazem repercutir sobre os preços pagos pelos consumidores.

O PCP destaca a falta de respostas do Governo PS, no combate à especulação. O Governo tem ao seu dispor instrumentos para enfrentar esta especulação, só não o faz porque não quer. Em Novembro passado o PCP apresentou uma proposta para controlar os preços, e PS, PSD, IL e Chega juntaram-se para a rejeitar. Como resposta ao problema aparece a proposta de baixar o IVA. Podendo ser positiva nalguns produtos, isoladamente tal medida não é solução para a escala de preços e de lucros que continuarão a ir para os bolsos da grande distribuição, mais uma vez.

Para responder efectivamente ao problema é preciso enfrentar os lucros fabulosos (em 2022 foram mais de 629 milhões só para os 2 maiores grupos da distribuição) e aprovar a proposta do PCP para a criação de um regime de preços máximos a aplicar a um cabaz alimentar essencial, definir um preço de referência para cada um dos produtos, com base nos custos reais.

Esta iniciativa do PCP envolve a distribuição de um documento sobre a matéria – junto de Grandes Superfícies Comerciais, nos principais concelhos da região.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos