(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre

Grupo Ageas Portugal alerta relativamente às inundações e cheias que estão a ocorrer em Portugal no mês de Dezembro

Grupo Ageas Portugal alerta relativamente às inundações e cheias que estão a ocorrer em Portugal no mês de Dezembro

No âmbito do actual cenário que se vive em Portugal, o Grupo Ageas Portugal encontra-se desde o dia 7 de Dezembro, alerta para a monitorização de sinistros relacionados com a chuva intensiva que o país enfrenta, permitindo ter uma visão agregada de volumes e montantes envolvidos.

Até ao fim da tarde de ontem, terça-feira, existiram 311 ocorrências na área de seguros patrimoniais no Grupo Ageas Portugal, com 105 participações de clientes Ageas Seguros e Ocidental. Na área automóvel registaram-se 84 ocorrências, sendo 42 de clientes Ageas Seguros, 16 da Ociedental e 26 da Seguro Directo.

Ao nível da assistência em viagem, desde as 0h00 até às 11h desta terça-feira, o Grupo Ageas Portugal recebeu cerca de 380 chamadas para 3 marcas , sendo 65% de clientes da Ageas Seguros, 20% de Seguro Directo e 15% de Ocidental.

Além da constante análise e estimativa dos prejuízos envolvidos, a situação levou a que tenham sido tomadas várias medidas pela Seguradora:

  • Gabinete de Crise acionado com todas as áreas envolvidas, nomeadamente: Operações (Sinistros e Prestadores), Marketing, Comunicação e Financeira, assegurando definição de um plano de acção e monitorização constante sobre o volume de ocorrências;
  • Foram enviadas mensagem às equipas comerciais, referindo o estado de alerta e com informação (é estranho referir aqui que precisamos de informar sobre os contactos Grupo, retiraria) sobre Clientes afectados;
  • Após contactos recebidos de diversos Mediadores, foram enviados de imediato peritos aos locais afectados;
  • Desenvolvimento de um plano de acção, para articulação com todas as áreas referente às acções a efectuar
  • Ativação dos recursos extraordinários (definidos em sede de Gabinete de Crise) para darem suporte à equipa de Sinistros Multirriscos na regularização dos sinistros;
  • Definição de horas de trabalho extraordinárias da equipa;
  • Deslocação de equipas de Multiriscos Habitação aos locais dos Clientes mais afectados para monitorizar a abrangência dos danos, em conjunto com peritos (por exemplo, zona de Algés);
  • Flexibilidade para acelerar a regularização dos processos urgentes;
  • SMS enviados aos Clientes, reforçando os contactos, em caso de sinistro ou necessidade de assistência;
  • Formação de recursos extra no apoio à equipa de Sinistros Multirriscos.

Hoje, 14 de Dezembro, o Grupo Ageas Portugal tem as equipas de Multiriscos Habitação do Grupo no terreno, junto dos Clientes mais afetados, enquanto mantém uma equipa de suporte a funcionar em pleno.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos