(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Arte Doce

Faro: Voto de pesar – falecimento do Sr. Aníbal Guerreiro

Faro: Voto de pesar – falecimento do Sr. Aníbal Guerreiro

Faleceu hoje aos 90 anos Aníbal Sousa Guerreiro, empresário de sucesso, benemérito social e desportivo, mas sobretudo farense de “alma e coração”.

Natural de Faro, onde nasceu a 15 de novembro de 1932, Aníbal Guerreiro foi administrador de um dos maiores e mais prestigiados grupos empresariais do Algarve – Grupo Aníbal Guerreiro- que detém entre outras a FIAAL e a Pontautos, representantes de diversas marcas de prestígio, que ao todo representam mais de 250 postos de trabalho diretos.

Grande benemérito social e desportivo, esteve sempre ligado à Casa dos Rapazes e ao Sporting Clube Farense, o seu clube do coração.

A sua ligação ao desporto e à área social levou-o desde muito cedo à presidência da Assembleia-Geral do Instituto D. Francisco Gomes- Casa dos Rapazes, cargo que que já antes havia sido ocupado pelo seu pai, Aníbal da Cruz Guerreiro.

Foi presidente da Sociedade Columbófila de Faro e vice-presidente do Sporting Clube Farense, entre outros cargos em muitas outras coletividades do concelho de Faro.

Empreendedor farense de prestígio, que sempre acarinhou a sua terra, Aníbal Guerreiro nunca deixou de apoiar, a todos os níveis, o Farense e o Município de Faro atribuiu-lhe a Medalha de Ouro da Cidade, em 2008.

Empresário de sucesso, homem de princípios e de grande verticalidade, autêntico "mecenas" e grande benemérito da columbofilia farense, esteve intimamente ligado a todo o envolvimento social, cultural, desportivo e histórico da columbofilia farense e algarvia.

Aníbal Guerreiro, pilar relevante do Farense, pelo seu apoio incondicional a este clube durante vários anos, pela sua ligação a algumas conquistas marcantes, como a primeira subida à 1ª Divisão, em 1969/70, foi homenageado no 111º aniversário do S.C. Farense, em abril de 2021, passando a bancada central do Estádio São Luís a ter o seu nome. Nesta última subida à 1.ª liga nunca, por nenhuma das instituições, o seu nome foi esquecido nos agradecimentos e a paixão pela Sporting Clube Farense foi sempre enaltecida.

Aos familiares, amigos e a todas as associações e coletividades a que esteve ligado o Município de Faro apresenta as suas mais sentidas e respeitosas condolências.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos