(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Programa Vacinação Infantil

Exercício de Aprontamento do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais- Aljezur

Exercício de Aprontamento do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais- Aljezur

Este ano, o habitual exercício final, que encerra o exigente processo de aprontamento do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) no Algarve, será de âmbito nacional e terá amanhã, dia 26 de Maio, entre as 06:00 e as 18:00 horas, envolvendo os municípios de Aljezur, Monchique e Odemira, num cenário fictício de incêndio rural de elevada complexidade.

O exercício “DECIRALEX ́23” terá como principal objectivo testar a articulação entre os diferentes níveis de actuação da Protecção Civil e a coordenação entre os Comandos Regionais e Sub-regionais de Emergência e Protecção Civil, territorialmente competentes, numa ocorrência de dimensão suprarregional. Será jogado por mais de 300 operacionais das diferentes forças e serviços do Sistema Integrado de Operações de Protecção e Socorro (SIOPS), conjugando o treino das equipas de posto de comando operacional no nível estratégico e o desenvolvimento prático das acções de supressão e protecção na dimensão do comando táctico e da manobra, promovendo o aperfeiçoamento técnico das equipas de intervenção.

Será o momento para “pôr à prova” todo o planeamento levado a cabo nos últimos meses, logo será conduzido pelo Comando Nacional de Emergência e Protecção Civil, como se de uma situação real se tratasse, com movimentação de meios dos diferentes Agentes de Protecção Civil e Entidades Cooperantes, que integram Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais destacando-se o empenhamento de 209 Bombeiros, distribuídos por 49 equipas multivalências do Algarve e do Alentejo.

O Posto de Comando Operacional, órgão director das operações, funcionará no Campo de Futebol de Odeceixe, onde estará instalado o Centro de Táctico de Comando (CETAC) da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil, e a sua operacionalização será da responsabilidade da Equipa de Posto Comando Operacional Regional do Algarve, primeira do país formatada para gerir operações complexas.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos