(Z1) 2022 - Água - Poupe Hoje Para Não Faltar No Verão
(Z4) 2022 - Projecto Águas Sem Fronteiras

CDS-PP: Com a Saúde não se brinca …. uma conhecida expressão popular … nem se faz troça … acrescentamos nós !!!

CDS-PP: Com a Saúde não se brinca …. uma conhecida expressão popular … nem se faz troça … acrescentamos nós !!!

Há cerca de três meses a administração do Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA) de forma trocista e deselegante atribuiu “ao ranho das crianças” os constrangimentos e a disfuncionalidade já evidente no funcionamento das Urgências de Pediatria dos seus hospitais!!!

Volvidos pouco mais de 75 dias desta infeliz afirmação, os alertas então feitos pela Ordem dos Médicos confirmam-se e caiu a mascara destes administradores com a afixação de uma simples folha A4, abundantemente retratada na imprensa, com a assunção explicita da falência do Serviço de Urgência Pediátrica no Hospital de Faro!!!

Para o CDS-PP Algarve é totalmente inaceitável que a Administração do CHUA se preocupe mais em fazer publicar comunicados auto-elogiosos em plena campanha eleitoral, que mais pareciam “propaganda política” em prol dos que os nomearam, do que em resolver os problemas dos cidadãos que devem efectivamente servir!! De facto, em vez de atribuirem as dificuldades dos serviços públicos de urgências pediátricas do Algarve à falta de literacia em Saúde dos pais algarvios que, segundo estes responsáveis, acorrem desnecessariamente aos serviços de urgência só porque as crianças “tem ranho”, a administração do CHUA deve vir a terreiro explicar o que é que fez neste mandato gestionário para assegurar as condições de funcionamento destes serviços. Devem vir explicar aos pais que se vêem confrontados com a necessidade de ter de fazer mais de 120 km, muitas vezes em desespero, para socorrer os seus filhos porque é que fazem apenas eles a viagem e não são os profissionais de saúde que se deslocam entre os hospitais. Em alternativa, os administradores do CHUA que recebem chorudos subsídios mensais para deslocações podem indicar como e quando serão as famílias reembolsados pelos custos emocionais e reais destas viagens.

Relembramos aos Algarvios que o actual Conselho de Administração dos CHUA, escolhido e nomeado conjuntamente pelos Ministérios das Finanças e da Saúde, apresentou recentemente indicadores de gestão que mereceram reconhecimento e destaque na imprensa regional e no site do SNS mas que agora se comprovam não serem uma fotografia real de progresso na prestação de cuidados mas sim uma composição, escolhida a dedo, de indicadores e de exemplos que só serviram para iludir e disfarçar uma situação de carência extrema de recursos, quer humanos, quer financeiros, que afectam toda oferta pública de Saúde na Região Algarvia.

Para o CDS-PP Algarve, que defende e sempre defendeu a coexistência e a complementaridade de uma oferta de Saúde Pública e Privada bem distribuída e de qualidade, ver a oferta pública deteriorada a este ponto é muito preocupante e deve ser um assunto em que apelamos a que todos os partidos da região se unam a nós exigindo ao Governo que tomar posse nos próximos dias um Plano de Revitalização para o SNS no Algarve que proceda à sua imediata Recuperação e aumente a sua Resiliência garantindo assim a sua sustentabilidade futura.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos