(Z1) 2024 - CM de Vila do Bispo - Festival do Perceve
(Z4) 2024 - CM Lagos - Agenda de Eventos

Candidatos do PS assinam compromisso de honra com os algarvios e apresentam Plano de Ação para o Algarve

Candidatos do PS assinam compromisso de honra com os algarvios e apresentam Plano de Ação para o Algarve

Os candidatos do Partido Socialista assinaram ontem o compromisso com a região e os Algarvios, sublinhando que a lista do PS é composta exclusivamente por gente do Algarve, “os nossos compromissos são para cumprir, como dizia António Costa, palavra dada, palavra honrada”, disse Jamila Madeira. 

A cabeça de lista do PS afirmou estar em Portimão para assumir olhos nos olhos compromissos de verdade com o povo “Estamos aqui perante todos voz para apresentar o nosso Plano de Ação para a próxima legislatura e assinar um compromisso de honra, porque nós somos do Algarve, não estamos aqui de passagem, esta é a nossa terra, vivemos aqui e só prometemos o que sabemos que podemos cumprir. Aquilo com que nos comprometemos, fazemos” disse.

A cerimónia que encheu o café concerto do Teatro Tempo, em Portimão, e que contou com a presença de vários autarcas entre os quais a Mandatária Regional da candidatura socialista, Isilda Gomes, serviu para apresentar o Plano de Ação dos socialistas assente em 7 prioridades.

Na saúde, para além do Hospital Central que o PS garante estar pronto para ser colocado em concurso, os socialistas comprometem-se até ao final de 2026 com a construção dos novos centros de saúde de Albufeira, Faro, Lagos, Loulé, Monchique, Olhão, São Brás de Alportel, Tavira e Vila Real de Santo António e a requalificação dos actuais edifícios de Alcoutim, Aljezur, Lagos, Faro, Loulé, Olhão, Portimão, São Brás de Alportel, Silves, Tavira e Vila Real de António num total de 47 milhões de euros que estão totalmente garantidos no Programa de Recuperação e Resiliência.

A segunda área do compromisso do Partido Socialista é Garantir Água, com os candidatos do PS a definir como objectivo a construção da Central Dessalinizadora, um investimento de 90 milhões de euros que está em concurso e a ligação do Algarve ao Alqueva, através do prolongamento da captação de água no Pomarão até ao grande lago do Alqueva e no Barlavento interligando as barragens da Bravura, Santa Clara e Alqueva. O PS recorda que o Governo, as autarquias, as associações de agricultores e os agentes económicos acordaram num plano de eficiência hídrica para o Algarve e que estão previstos investir 237 milhões de euros para garantir água em qualidade e quantidade para a região.

Na mobilidade os candidatos do PS, recordam que estão a decorrer as obras de electrificação da linha de caminho de ferro, e garantem que depois da redução de 60% das portagens entre 2015 e 2024 uma das primeiras medidas do Governo de Pedro Nuno Santos será a eliminação imediata das portagens na Via do Infante.

A construção de um grande parque público de habitação acessível à classe média, aos jovens e aos trabalhadores é outro dos pontos de honra do compromisso dos candidatos socialistas. O PS diz que estão muitas obras em curso e que alguns municípios já entregaram casas às famílias previamente inscritas. O plano de investimento do Governo e das autarquias no Algarve ronda os 400 milhões de euros para a construção de habitação acessível.

A redução da dependência do turismo e a diversificação da base económica do Algarve é a chave para uma economia mais sustentável e para a criação de emprego de qualidade e melhor remunerado. Os socialistas apontam os exemplos do Polo Tecnológico de Faro, o Centro de Simulação Clínica, o Algarve Biomedical Center, em Loulé ou o Acelarater em Portimão para mostrar o que foi realizado nos últimos anos em investigação e inovação e apostam em 300 milhões de euros de fundos comunitários activados para a região para apoiar empresas e prosseguir na diversificação da economia em áreas como a agricultura e a floresta, o mar e a indústria naval.

Um Algarve de excelência ambiental é outro dos compromissos que os candidatos do PS assumem ser porta estandartes. Os socialistas dão o exemplo do trabalho desenvolvido que conduziu os processos de classificação da reserva natural nacional da Lagoa dos Salgados, das reservas locais do Paul de Lagos e da ribeira do Trafal e Almargem, da preservação das Alagoas Brancas, em Lagoa, do santuário de cavalos marinhos na Ria Formosa e da Reserva Marinha da Pedra do Valado e apontam a antiga Estação Agrária de Tavira como um Centro Interpretativo da Dieta Mediterrânea, preservando as colocações de variedades tradicionais de hortofruticolas que ao longo dos anos foram reunidas.

Por fim, os candidatos do Partido Socialista assumem que o processo da regionalização é para avançar nesta legislatura. O PS diz que consolidado o processo de transferência de competências para as Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional e para os municípios e destes para as freguesias, importa fechar o ciclo constitucional da descentralização e criar as regiões administrativas.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos