(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Agenda de Eventos

Câmara Municipal de Faro atribui apoios financeiros a instituições do concelho

Câmara Municipal de Faro atribui apoios financeiros a instituições do concelho

MAPS, RIAS, Associação PAS e Cruz Vermelha são as instituições que receberão ajudas da autarquia

A Câmara Municipal de Faro (CMF) deliberou, em reunião do dia 27 de Março, conceder apoios financeiros ao MAPS — Movimento de Apoio à Problemática da Sida, ao RIAS - Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens, à Associação PAS — Projecto Ana Sanona e à Cruz Vermelha Portuguesa (Delegação de Faro).

No caso do MAPS, os apoios da autarquia destinam-se a dois objectivos diferentes: o primeiro prende-se com os custos da renda mensal do "Projecto Domus — Centro de Alojamento de Emergência", equipamento social destinado ao alojamento temporário de pessoas em situação de sem abrigo e ao desenvolvimento de actividades com vista à inserção social desses cidadãos. Assim, a CMF renova a ajuda a esta instituição (tal como vem acontecendo desde 2020), provendo (com efeitos retroactivos a 01/01/2023 e termo em 31/12/2024) o custo mensal de 3.365,20 € (três mil trezentos e sessenta e cinco euros e vinte cêntimos), que corresponde ao valor actual da renda. Com a celebração deste novo protocolo, o Município terá disponíveis cinco vagas reservadas no alojamento temporário, para resposta às suas necessidades.

O segundo objectivo e que consta de protocolo específico, prende-se com a atribuição financeira pontual de um valor de 24.220,12 € (vinte e quatro mil, duzentos e vinte euros, e doze cêntimos), que se destina ao apoio alimentar a indivíduos e famílias em situação de carência económica. O MAPS tem registado, devido à actual crise socioeconómica, um número elevado de pedidos de apoio, tendo, entre Março de 2022 e Março de 2023, distribuído 34.537 refeições, beneficiando uma média de 28 pessoas com apoio alimentar e outros tipos de necessidades urgentes.

Já no caso do RIAS - Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens, uma instituição que promove o acolhimento e tratamento dos animais selvagens de espécies protegidas (sobretudo provenientes da Ria Formosa) e o seu encaminhamento e devolução ao habitat natural, bem como a gestão/envio da informação recolhida para a coordenação da Rede Nacional de Recolha e Recuperação de Fauna (RNCRF) e a realização de acções de educação ambiental, conservação da natureza e partilha de conhecimento, a autarquia garantirá um apoio financeiro anual de 2.500,00€ (dois mil e quinhentos euros).

A Associação PAS — Projecto Ana Sanona, uma associação sem fins lucrativos, com sede em Faro desde o ano 2018, promove até ao dia 1 de Abril, em diversos locais do concelho de Faro, a iniciativa "Se os meus Eus falassem...", actividade que incluirá a realização de uma exposição no IPDJ/Faro, tertúlias, entre outros momentos, com o objectivo de ajudar a baixar os índices estatísticos de casos reportados como "doença mental". Neste âmbito, a CMF concedeu um apoio financeiro pontual de 559,35€ € (quinhentos e cinquenta e nove euros e trinta e cinco cêntimos).

Por fim, a autarquia deliberou aprovar um protocolo de colaboração com a Cruz Vermelha Portuguesa (Delegação de Faro), que envolve a cedência de um veículo especial de transporte de alunos com necessidades especiais individuais. Através da cedência da viatura, a Cruz Vermelha fica obrigada a transportar, sob a coordenação da Divisão de Educação e Autoridade de Transportes, do Município de Faro, os alunos nestas condições, até ao máximo de 12. Para esse efeito, a CMF custeará todas as despesas até ao valor de 18.000,00€ (dezoito mil euros) por ano.

“O Município tem, desde que tenho a honra de presidir ao executivo, procurado apoiar todas as instituições do concelho, nomeadamente as que prestam relevantes serviços à comunidade, em áreas distintas, mas que oferecem respostas importantes e formação para que sejamos uma comunidade mais inclusiva e respeitadora do outro e da natureza e estes apoios, que agora sancionámos, são prova disso”, afirmou Rogério Bacalhau, Presidente da autarquia.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos