(Z4) 2022 - Projecto Águas Sem Fronteiras

Algarve reforça o apoio às estruturas de acolhimento de refugiados

Fundos europeus geridos pelo programa operacional regional mobilizados no apoio ao acolhimento e integração de refugiados ucranianos
Algarve reforça o apoio às estruturas de acolhimento de refugiados

A Comissão Directiva do Programa Operacional CRESC ALGARVE 2020, na sequência de proposta apresentada pelo Alto Comissariado para as Migrações (ACM), entidade responsável pela execução das políticas públicas na área das migrações, aprovou o reforço do apoio ao funcionamento das estruturas regionais de acolhimento e integração de refugiados e migrantes (CNAIM e CLAIMs).

Esta decisão decorre da necessidade urgente de resposta à situação de crise humanitária provocada pela invasão da Ucrânia, e do consequente afluxo ao Algarve de um número crescente de refugiados ucranianos, requerentes de protecção temporária.

O apoio visa, não só permitir a melhoria da prestacção de serviços de acolhimento temporário, mas também a promoção de uma melhor integração social os refugiados da guerra na Ucrânia.

O Centro Nacional de Apoio à Integração de Migrantes (CNAIM) de Faro, e os Centros Locais do Algarve (CLAIM), constituem respostas integradas aos refugiados e migrantes, prestando, entre outros, serviços de acolhimento especializado, apoio jurídico, psicossocial, apoio à inserção profissional e ao retorno voluntário, prestado por via de um atendimento especializado em diferentes suportes e línguas, através da ação de mediadores qualificados.

Com este apoio, prossegue-se o esforço do Algarve uma região inclusiva, não discriminatória e promotora dos direitos de cidadania para todos.

Pode encontrar mais INFORMAÇÕES sobre este e outros PROJECTOS APROVADOS no âmbito do Programa Operacional CRESC ALGARVE 2020 AQUI, com o apoio dos fundos europeus.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos