(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Programa Vacinação Infantil

Águas do Algarve apresenta investimentos na produção de água para reutilização em Vilamoura e na Quinta do Lago

Águas do Algarve apresenta investimentos na produção de água para reutilização em Vilamoura e na Quinta do Lago

Estes investimentos, financiados pelo PRR no âmbito do Plano de Eficiência Hídrica do Algarve, permitirão produzir cerca de 3,41 milhões de m³ de água para reutilização destinada à rega de campos de golfe e de espaços verdes, assegurando um maior equilíbrio entre a procura e a disponibilidade do recurso hídrico.

Duarte Cordeiro, Ministro do Ambiente e Ação Climática, esteve no dia 05 de Setembro na ETAR de Vilamoura, para uma visita em que serão apresentados os projetos de produção de água para reutilização (ApR) para aplicação na rega de campos de golfe e espaços verdes em Vilamoura e na Quinta do Lago.

Com mais estes projetos, a Águas do Algarve, em conjunto com as demais partes interessadas, dá um forte impulso para aumentar a disponibilidade dos recursos hídricos e a resiliência da região, contribuindo para a circularidade e neutralidade carbónica dos serviços de água e para o desenvolvimento económico sustentável da região.

Para a produção de água para reutilização no Algarve, está previsto um investimento global de 23 milhões de euros até 2025, estimando-se um incremento de 1,4 para 8 milhões de m3/ano, destinando-se 71% à utilização pelos campos de golfe.

.

Infraestruturas de Elevação e Adução de ApR da ETAR de Vilamoura

O projeto visa habilitar a ETAR de Vilamoura para a produção de ApR, capacitando a mesma para uma média de 16.000 m3/dia e uma capacidade de pico de 1.000 m3/h, para rega de cinco campos de golfe (Old Course, Pinhal, Laguna, Millenium, Victoria), rega de espaços verdes da Inframoura, Parque Desportivo da Vilamoura World, Cidade Lacustre, e espaços verdes da associação de moradores do Clube de Ténis de Vilamoura.

Prevê-se que o volume de ApR a fornecer seja de cerca de 2,24 milhões de m3, o que representa 66% do efluente total tratado na ETAR de Vilamoura.

A rede adutora/ distribuição a construir será de cerca de 12 km, com diâmetros que variam de 500 mm a 160 mm; Abastecerá 9 pontos de entrega com medição e controlo de caudal.

O custo total do investimento rondará os 12 milhões de euros, prevendo-se a sua conclusão em 2025.

.

Infraestruturas de Elevação e Adução de ApR da ETAR da Quinta do Lago

O projeto visa habilitar a ETAR da Quinta do Lago para a produção de ApR, capacitando a mesma para uma média de 6.600 m3/dia no mês de maior afluência à ETAR, permitindo o fornecimento de um caudal médio diário no mês de maior consumo de 330 m3/h.

O projeto de ApR do subsistema da Quinta do Lago contempla a ampliação e melhoria do subsistema existente, designadamente a nível da reabilitação da lagoa de armazenamento, implementação de sistema de desinfeção por cloragem, estação elevatória, ampliação do sistema de adução (para mais três campos de golfe - Quinta do Lago Norte, Quinta do Lago Sul e Pinheiros Altos), e a construção dos 5 pontos de entrega (onde estão incluídos igualmente a Infraquinta e o campo de golfe de San Lorenzo).

Este projeto irá possibilitar que cerca de 80% do efluente tratado anualmente neste subsistema seja utilizado na produção de ApR, representando um volume total anual de cerca de 1,17 milhões de m3. Estima-se que o custo total do investimento ascenda a 2,7 milhões e que esteja concluído no ano de 2025.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos