(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Programa Vacinação Infantil

Prémio de Jornalismo Económico com candidaturas abertas

Prémio de Jornalismo Económico com candidaturas abertas

  • Gestão de Empresas e Negócios, Mercados Financeiros, e Sustentabilidade e Inovação Empresarial são as categorias do Prémio;
  • O jornalista com o melhor artigo recebe 10.000€ e os restantes 5.000€ cada.

A Universidade NOVA de Lisboa e o Banco Santander vão premiar pela 16ª vez os melhores trabalhos jornalísticos nas áreas da economia e negócios. As candidaturas estão abertas até ao dia 29 de Maio e dirigem-se a todos os jornalistas com artigos publicados em órgãos de comunicação social escrita ou online durante o ano de 2021.

O prémio divide-se em três categorias: Gestão de Empresas e Negócios, para trabalhos relacionados com as múltiplas áreas da Gestão; Mercados Financeiros, para artigos que abordem os diferentes mercados financeiros e valores mobiliários; e ainda Sustentabilidade e Inovação Empresarial, que destaca trabalhos que incidam na área da gestão sustentável, inovação digital ou responsabilidade social e corporativa.

O melhor trabalho concorrente receberá o “Grande Prémio”, com um valor pecuniário de 10.000 euros, sendo simultaneamente o vencedor da área a que se candidatou. Os outros prémios, cada um para o melhor trabalho das áreas restantes, terão um valor de 5.000 euros.

As candidaturas podem ser feitas em www.pje.pt através de um formulário online, onde estão disponíveis também todas as informações sobre a iniciativa.

Ao longo de 15 anos, o Prémio de Jornalismo Económico recebeu 950 candidaturas, que resultaram em 45 prémios, distribuídos por jornalistas de diferentes meios de comunicação.

O júri, composto por personalidades de reconhecido mérito ligadas às Ciências Sociais, Jornalismo, Finanças, Sustentabilidade e Gestão, é o seguinte para esta edição: Luís Baptista (Presidente Executivo do júri e Director da NOVA FCSH), Carla Jorge, Cátia Batista (NOVA SBE), Conceição Zagalo, Helena Garrido, Paulo Pinho (NOVA SBE) e Pedro Coelho (NOVA FCSH).

O jornalista Fábio Monteiro, do Jornal de Negócios, foi o grande vencedor da última edição, com o artigo “Os (vários) frutos do consumo verde”. Foram premiados também Nuno Aguiar, da Revista Exame, com o trabalho “Robinhood: roubar aos mercados para dar à internet”, e Margarida Peixoto e Rafaela Burd Relvas, com a “Série 5 Dias, Governação do Banco de Portugal".

  • PARTILHAR   

Outros Artigos