(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Programa Vacinação Infantil

Sucesso da gala do desporto dá garantias de que Albufeira será nomeada cidade europeia do desporto em 2026

Sucesso da gala do desporto dá garantias de que Albufeira será nomeada cidade europeia do desporto em 2026

A Gala do Desporto de Albufeira, o maior evento regional de reconhecimento desportivo, voltou este ano ao Palácio de Congressos do Algarve, nos Salgados, para homenagear 397 atletas de 13 clubes do concelho, praticantes de 19 modalidades, que se sagraram campeões na época de 2022-2023.

Para receberem a medalha de reconhecimento de mérito desportivo, ao palco subiram atletas, treinadores e dirigentes desportivos. O Município aproveitou esta oportunidade para prestar uma homenagem póstuma a Joaquim Vieira (ex-presidente da Junta de Freguesia da Guia e fundador e ex-presidente do Guia Futebol Clube) e enaltecer o percurso desportivo digno de louvor de António Colaço (presidente do FCF); Felisberto Reigado (presidente do CD Areias de S. João); Luís Neves (presidente do PC) e Ricardo Teodósio (piloto de ralis).

“A Gala do Desporto atingiu a maioridade” sublinhou o presidente da Câmara Municipal, referindo “todos os anos empenhamo-nos em fazer cada vez melhor, sempre com modelos diferentes, e esta Gala, neste magnífico hotel, é um excelente exemplo do que acabo de dizer”.

Após os momentos de convívio e registo de fotos para mais tarde recordar, junto ao painel colocado antes da entrada no Auditório, a Gala começou com a exibição de um vídeo com as melhores imagens de eventos e equipamentos desportivos do concelho, a que se seguiu um momento de animação com o cantor albufeirense Hélio, acompanhado da cantora Liliana.

Um dos momentos mais emotivos foi a homenagem póstuma a Joaquim Vieira, aqui representado pela viúva, filho e nora, momento conduzido pelo presidente José Carlos Rolo que realçou tratar-se de “uma homenagem, justa e digna, que considerou bem enquadrada, não só por decorrer na Freguesia onde foi presidente de 2010 a 2017, mas também pela sua dimensão na área desportiva, uma vez que foi fundador e presidente do Guia Futebol Clube”.

O autarca fez referência à principal atividade económica do concelho - o Turismo - sublinhando que a atividade é a “Joia da Coroa” em termos desportivos. “Temos um conjunto de infraestruturas e modalidades desportivas de excelência; 42 clubes; 3100 atletas federados e 1000 não federados, empenhados em atingirem bons resultados. Por isso a Câmara investe no Desporto à volta de 1,5 milhões de euros, apoio sem o qual seria impossível as coletividades desenvolverem a sua atividade. Esta verba não é por nós considerada uma despesa, mas antes um investimento nos jovens, através dos clubes”. O presidente elogiou o trabalho dos treinadores, dirigentes, médicos e paramédicos, fisioterapeutas e demais trabalhadores dos clubes e frisou, igualmente, o papel crucial dos pais, o seu sacrifício e dedicação, para que os filhos possam treinar e chegar mais longe. José Carlos Rolo realçou as dimensões humana, social e educativa do desporto na formação dos jovens, tendo terminado o seu discurso afirmando que a Gala do Desporto é uma Festa de convívio e motivação para atletas, treinadores, dirigentes e famílias. “Não nos interessa ter apenas atletas na 1.ª Divisão Nacional; mas também atletas que consigam alcançar a 1ª Divisão da Formação Humana “concluiu.

Seguiu-se a homenagem a António Colaço, Felisberto Reigado, Luís Neves e Ricardo Teodósio.

Os homenageados agradeceram a distinção e dirigiram algumas palavras ao presidente, ao executivo e restantes entidades presentes.

António Colaço cumprimentou os presentes e deu os parabéns a todos os homenageados. “Esta homenagem tem que ser partilhada com todos aqueles que cooperaram e continuam a cooperar comigo: atletas, treinadores, dirigentes, todo o staff e especialmente à minha família (pais, mulher e filhas). Obrigado a todos”. Já Felisberto Reigado destacou “a enorme felicidade e honra para todos os atletas homenageados pelo Município, tendo, igualmente, feito referência a todos os que me acompanharam ao longo desta caminhada; porque este percurso não se faz sozinho; é um trabalho de equipa, só assim se consegue chegar mais longe”. Reigado referiu, também, querer partilhar esta homenagem com a família, com a mulher e especialmente com o filho Roberto e a filha Joana que também vão ser reconhecidos e saudou todos os homenageados pelo esforço, dedicação e seriedade com que encaram o desporto. Por sua vez, Luís Neves, destacou que não é fácil estar há tantos anos a trabalhar e a gostar da atividade desportiva. “Custa estar longe da família, de fazer este sacrifício em representação do Padernense. Agradeço a todos os que passaram pelo clube e à minha família e digo: continuo aqui de alma e coração”. Por fim, Ricardo Teodósio sublinhou que “é um prazer e uma honra representar a minha terra no país e pelo mundo. Já são 33 anos de corridas. Agradeço a todos e se Deus quiser, vou fazer tudo para sermos campeões nacionais em 2024. O 24 é o meu número e espero que para o próximo ano consiga ser tetra campeão nacional”.

Depois dos agradecimentos das 4 figuras do desporto concelhio, foi a vez de ouvir o discurso do vice-presidente e responsável pelo pelouro do Desporto e Juventude, coordenador de todos os grandes eventos desportivos do concelho. Cristiano Cabrita cumprimentou todos os presentes e fez questão de pedir uma salva de palmas e enaltecer o trabalho dos funcionários do Município envolvidos na organização e condução do evento, bem como ao Hotel Nau, que permitiu organizar esta excelente Gala nas suas instalações, colaborando para o sucesso que se espera desta grande homenagem desportiva.

O autarca salientou a recuperação do cariz social do evento, anunciando que foram recolhidos € 421,94, que vão ser entregues à Associação dos Bombeiros Voluntários de Albufeira. Para a Gala deste ano decidi fazer uma espécie de balanço do que é o Desporto no nosso concelho. “Somos uma cidade virada para o Desporto, como ficou bem patente no visionamento do vídeo apresentado. Temos trabalho feito, obras, eventos que apoiamos e investimentos consideráveis, que nesta altura é sempre importante referir. Tal como disse o nosso presidente, investimos mais de 1,5 milhões de euros no desporto, quer a nível dos contratos-programa, passando pelo esforço financeiro na aquisição de carrinhas para os clubes; na recuperação e manutenção dos espaços desportivos; na requalificação e construção de quatro campos de 3x3 de Basquetebol e a construção de um campo de futebol 5, bem como, recentemente, numa nova rampa de Skate, no Campo Desportivo de Vale Faro; a requalificação e ampliação do campo de Futebol Sintético da Guia; a requalificação do campo de Montes Elóis (Paderne); início da requalificação do campo da Palmeira (utilizado pelo IDC); reforço da capacidade das infraestruturas em termos de iluminação. Previstos, estão, também, um novo projeto para Ferreiras, o melhoramento do Polidesportivo de Olhos de Água e do Parque Desportivo da Quinta da Palmeira, bancadas para o Pavilhão da Guia e a requalificação do Pavilhão Municipal”. Cristiano Cabrita sublinhou que “o Desporto também é promoção do destino”, referindo que não foi por acaso que o Roma de José Mourinho e a equipa de AL-NASSR de Ronaldo vieram estagiar para Albufeira, mas sim, graças às negociações feitas pelo presidente da Câmara e por mim próprio, onde demonstrámos que Albufeira tem infraestruturas de excelência, sendo que algumas são o que de melhor existe no mundo e por isso somos, cada vez mais, uma referência a nível nacional e internacional.

Depois dos dois discursos foi feita a chamada ao palco para atribuição de medalhas aos atletas com participações relevantes, a que se seguiu a atribuição de medalhas aos atletas campeões, que contou com uma segunda atuação de Hélio, antes da última chamada dos atletas campeões.

Finalizado o momento das homenagens e atribuição de medalhas usou da palavra o presidente da Assembleia Municipal de Albufeira que deu os parabéns à Autarquia pelo apoio ao Desporto e saudou a família de Joaquim Vieira. Francisco Oliveira destacou que “a Gala é uma ocasião única em que homenageamos atletas, treinadores e dirigentes desportivos”. Albufeira é uma cidade que respira desporto e tem sido palco de grandes eventos desportivos ao longo dos anos, disse. Destacou “que o desporto é uma ferramenta poderosa para a saúde, o bem-estar e a inclusão social. Serve para unir as pessoas, transmitir valores: respeito, disciplina e perseverança”. É uma forma de disponibilizar lições valiosas sobre trabalho em equipa, liderança e de superação de desafios. É através do desporto que muitos jovens encontram um propósito na vida, disse, concluindo que é por isso que é importante continuar a investir no desporto em Albufeira.

A Gala terminou com a entrega do cheque solidário à Direção dos Bombeiros Voluntários de Albufeira.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos