(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Birdwatching
(Z4) 2021 - Reduzir o Desperdício

Exposição de Fotografia "Olhares sobre os Cuidados Paliativos" no Espaço+ de Aljezur

Exposição de Fotografia "Olhares sobre os Cuidados Paliativos" no Espaço+ de Aljezur

A exposição pretende retratar o dia-a-dia de uma equipa de cuidados paliativos hospitalares.

Os Cuidados Paliativos são cuidados de saúde adequados para todas as pessoas que enfrentam uma doença crónica, avançada e incurável. Têm como objectivo aliviar os problemas físicos, psicológicos, sociais, espirituais e reduzir o sofrimento por que passam os doentes e os seus familiares. A sua essência é a promoção da qualidade de vida e a preservação da dignidade humana até ao fim da vida.

Sobre a medicina paliativa, no âmbito da exposição:

Nas palavras de João Lobo Antunes, «esta é de facto a medicina da última verdade, do conforto do espirito, do alívio prudente do sofrimento, do encontro com o outro, do esforço comunal, da preservação tenaz da dignidade»;

Citando Cicely Saunders, «Tu importas porque tu és tu, e vais ser sempre importante até ao fim da tua vida. Faremos tudo o que pudermos não somente para te ajudar a morrer em paz, mas também para que vivas até à morte»;

«Não é o sofrimento que destrói o homem; o que destrói o homem é o sofrimento sem sentido», de acordo com Viktor Frankl.

Como disse Arcebispo Paglia, «os cuidados paliativos indicam uma redescoberta da vocação mais profunda da medicina, que consiste antes de tudo em cuidar: a sua tarefa é cuidar sempre, mesmo se nem sempre é possível curar».

Segundo Morrie Schwartz, «se encontrares sentido na vida, não desejas voltar atrás. Queres ir para a frente. Queres ver mais, fazer mais. Estás mortinho para chegar aos sessenta e cinco. Se estiveres sempre a batalhar contra o envelhecimento, vais ser sempre infeliz, porque isso vai acontecer de qualquer maneira.”

E por fim, conforme proferido pelo Papa Francisco, esta «compromete-se a combater tudo o que torna o acto de morrer mais angustiante e sofrido, ou seja, a dor e a solidão».

A exposição estará patente de 2 a 15 de Agosto, no Espaço+ de Aljezur, podendo ser visitada de segunda a sábado, das 10:00 às 16:30 horas.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos