(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Programa Vacinação Infantil

"Cinema Lençol" volta ao barrocal e à serra com projeções ao ar livre

"Cinema Lençol" volta ao barrocal e à serra com projeções ao ar livre

Chegou o mês de agosto e com ele o Cinema Lençol 2023.

A 3.ª edição desta mostra de cinema ao ar livre conta com 12 projeções de cinema falado em português. Todas as sextas deste mês a aldeia de Querença terá cinema gratuito e nos últimos dois sábados, também Salir terá películas de cinema projetadas no lençol pelas 21h00.

Este ano propomos um encontro entre gerações, filmes icónicos que marcaram o cinema português e brasileiro que têm em comum a fé inabalável dos protagonistas e as relações humanas. Mostraremos clássicos mas também 2 estreias premiadas nacionais.

Na primeira sexta, dia 4 no largo da Igreja Matriz em Querença, abrimos com a mais recente e premiada curta de animação de Cláudio Jordão que será projetada também no dia 26 no largo da Igreja em Salir com a presença do próprio. “O Pagador de Promessas” de Anselmo Duarte será a longa-metragem que abre a mostra, um dos maiores clássicos do cinema brasileiro, o único filme sul-americano a conquistar a Palma de Ouro do Festival de Cannes e também nomeado para melhor filme estrangeiro naquele ano pela academia americana. A história retrata a vida de Zé que quer cumprir a promessa de carregar uma enorme cruz do sertão baiano até a igreja de Santa Bárbara, em Salvador, depois de ver o seu Burro curar-se após ser sido atingido por um raio, mas o padre Olavo não permite que Zé entre com a sua cruz na igreja. Esta longa-metragem também será projetada no largo da Igreja no Barranco do Velho no dia 19.

“Os Verdes Anos” e a inesquecível banda sonora de Carlos Paredes, será projetado na sexta dia 11 na Escadaria da Fundação Manuel Viegas Guerreiro em Querença. O clássico filme português de Paulo Rocha foge às regras impostas pela cinematografia do salazarismo e retrata o mal-estar e a sensação de isolamento cultural dos jovens de uma Lisboa aquém das capitais europeias. “O Explorador de Saturno” de Iuri Araujo & Guilherme Araújo será a curta de animação brasileira que abrirá este dia.

Na sexta dia 18 no largo da Ermida de Nossa Senhora do Pé da Cruz em Querença, e no sábado 26 na antiga escola primária de Salir, projetamos no lençol a estreia de João Canijo “Mal Viver”, exibido na secção Encounters do Festival de Cinema de Berlim, um drama sobre relações tóxicas entre gerações, com Anabela Moreira, Rita Blanco, Madalena Almeida, Cleia Almeida e Vera Barreto nos principais papéis, o filme rodado em 2021 em plena pandemia pode ser complementado com outro filme “Viver Mal” os dois filmes ainda terão mais cenas filmadas que serão apresentadas em formato de série televisiva. A curta de animação que antecede será de Diogo Viegas, “Josué e o Pé de Macaxeira”, uma alegre versão brasileira de um conto tradicional muito conhecido.

Na última sexta-feira do mês, dia 25 será “O Auto da Compadecida” de Guel Arraes que será projetado no lençol, para além de vencedor de vários prémios, a película brasileira marcou o Brasil também pelo seu sucesso de bilheteira no ano da sua estreia, será também uma oportunidade para rever alguns dos atores conhecidos de grandes novelas brasileiras como Lima Duarte e Fernanda Montenegro. O filme, baseado na peça de teatro de Ariano Suassuna, conta as aventuras de Chicó e João Grilo no interior da Paraíba nos anos 30. A curta de animação que propomos neste dia e também no dia 19 será da autora e realizadora Laura Gonçalves com “O Homem do Lixo”. Esta curta premiada conta-nos as memórias para recordar a história do tio Botão. Da ditadura à emigração para França, onde trabalhou como homem do lixo, e quando voltava a Belmonte na carrinha cheia de “lixo” que se transformava num verdadeiro tesouro.

Mais informações em http://figolampo.pt/cinema-lencol-2023/

Programação Cinema Lençol 2023:

Sexta, dia 4 » Largo da Igreja Matriz, Querença
A Espuma e o Leão de Cláudio Jordão
O Pagador de promessas de Anselmo Duarte | M/12 | 95’ | p&b

Sexta, dia 11 » Escadaria da Fundação
Manuel Viegas Guerreiro, Querença
O Explorador de Saturno de Iuri Araujo & Guilherme Araujo
Os Verdes Anos de Paulo Rocha | M/12 | 84’ | p&b

Sexta, dia 18 » Largo da Ermida de
Nossa Senhora do Pé da Cruz, Querença

Josué e o Pé de Macaxeira de Diogo Viegas
Mal Viver de João Canijo | M/14 | 127 min | cor

Sábado, dia 19 » Largo da Igreja, Barranco do Velho
O Homem do Lixo de Laura Gonçalves
O Pagador de promessas de Anselmo Duarte | M/12 | 95’ | p&b

Sexta, dia 25 » Casa do Povo de Querença
O Homem do Lixo de Laura Gonçalves
O Auto da Compadecida de Guel Arraes | M/12 | 104 min | cor

Sábado, dia 26 » Antiga Escola Primária de Salir

A Espuma e o Leão de Cláudio Jordão
Mal Viver de João Canijo | M/14 | 127 min | cor

Uma iniciativa da Associação Figo Lampo, coordenada e produzida por Eduardo Pinto, Paulo Tomé e Verónica Guerreiro.

Com Apoio: Câmara Municipal de Loulé, Direção Regional da Cultura do Algarve, União de Freguesias de Querença, Tôr e Benafim, Junta de Freguesia de Salir, Casa do Povo de Querença, Fundação Manuel Viegas Guerreiro e Consulado do Brasil em Faro.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos