(Z1) 2022 - Água - Poupe Hoje Para Não Faltar No Verão

Projecto Torre de Laparoscopia para o Centro Hospitalar da Universidade do Algarve do movimento Rotário do Algarve

Projecto Torre de Laparoscopia para o Centro Hospitalar da Universidade do Algarve do movimento Rotário do Algarve

Lema do Projeto: Juntos pela saúde transformamos vidas!

Apelo do Rotary Clube de Lagos

Desde a sua criação em 1905, o Rotary International tem estado ativamente envolvido em projetos, no mundo inteiro, para ajudar os mais carenciados, incluindo a saúde pública. Por exemplo, ajudámos recentemente a erradicar a poliomielite em quase todos os países onde ela ainda existia.

No Algarve, ajudámos a financiar uma unidade móvel de rastreio do cancro da mama e da pele, doamos um manequim pediátrico para o CHUA.

Os Rotary Clubes do Algarve estão neste ano rotário 2021-2022 a organizar um concerto para angariar fundos para doação de uma torre de Laparascopia para o Centro Hospitalar Universitário do Algarve, este apoio de equipamento é de uma grande utilidade para todos os utentes do Algarve.

Não podemos ficar indiferentes a este pedido feito pelos profissionais que tratam da nossa saúde.

Por conseguinte, gostaríamos de pedir a vossa ajuda sob a forma de uma contribuição financeira, e igualmente, a sua participação no nosso grande concerto de dia 30 de Abril no Portimão Arena.

Ao aderir a este evento, a sua empresa apoiará uma causa que é amplamente apoiada pela opinião pública e beneficiará assim de uma imagem muito positiva tanto junto do público como junto dos meios de comunicação. Evidentemente, os logótipos dos doadores aparecerão nos cartazes que serão distribuídos em todo o Algarve.

Já estão a ser mobilizadas todas as comunidades que vivem no Algarve.

Conto com a vossa generosidade e fico à vossa disposição para responder a todas as vossas perguntas.

Agradecemos que confirme como nos pode ajudar, ao participar no nosso projeto a sua despesa poderá ser dedutível em sede de coleta de IRC.

Atenciosamente, a Comissão TDL

Rotary Club de Lagos

.

O movimento Rotário, como rede de profissionais de várias áreas que se unem para criar mudanças positivas e duradouras nas regiões em que se insere, desenvolve acções de divulgação e sensibilização, apoio directo a famílias carenciadas e catalisa apoios a instituições de solidariedade social e públicas.

Entre as várias áreas que têm sido destacadas para intervenção do movimento Rotário, a da Saúde tem ganho maior preponderância dadas as enormes dificuldades com que o sector se depara e em particular no Algarve. Os investimentos na área da saúde no Algarve beneficiam directamente a população local, o turismo e em simultâneo criam uma rede de segurança que permite que a actividade económica de outros sectores se desenvolva com maior segurança ao facilitar a atracção e fixação de profissionais oriundos de outras regiões ou países.

Neste contexto, o movimento rotário do Algarve, que congrega a acção de vários clubes da região, já doou várias ambulâncias e diversos equipamentos. Essas acções só foram possíveis graças à elevada generosidade de inúmeras entidades públicas e privadas.

Baseados no sucesso das intervenções anteriores e motivados pela gratidão demonstrada pelos beneficiários, o movimento Rotário do Algarve manteve-se atento às inúmeras carências com que os Profissionais de Saúde se debatem e com estes desenhou-se um ainda mais ambicioso projecto que poderá satisfazer uma antiga aspiração.

O objectivo do projecto é o de doar uma Torre de Laparoscopia, equipamento de vanguarda na tecnologia médica, ao Centro Hospitalar da Universidade do Algarve (CHUA) para que os Profissionais da Instituição possam prestar ainda melhores cuidados aos utentes da região. Este equipamento deverá ser instalado no Bloco Operatório e consiste numa plataforma de vários equipamentos médicos que permite ao cirurgião realizar inúmeros procedimentos menos invasivos e guiados por uma câmara de vídeo. Sob o ponto de vista do paciente, este equipamento proporciona uma significativa melhoria de conforto porque reduz a dimensão das incisões e consequentes riscos de infeção pós-operatória ou dor pós-operatória. O paciente pode voltar à sua vida normal mais rapidamente e com maior probabilidade de sucesso.

O investimento necessário totaliza um montante de 90 mil euros (+IVA) pelo que os vários Clubes Rotary do Algarve estão a investir recursos próprios e a reunir os mais notáveis membros da Sociedade num dos mais excelsos movimentos filantrópicos que as gerações futuras reconhecerão como marco na área da saúde do Algarve.

Seria uma enorme satisfação ver cumprido esta antiga aspiração da região do Algarve através do seu contributo na forma que melhor lhe convier.

Sublinhamos que a sua despesa poderá ser dedutível em sede de colecta de IRC.

.

Clubes do Algarve: Rotary Clube Albufeira: Rotary Clube Almancil; Rotary Clube Estoi; Rotary Clube Faro; Rotary Clube Lagos, Rotary Clube Lagoa; Rotary Clube Loulé; Rotary Clube Olhão; Rotary Clube Praia da Rocha; Rotary Clube Porches; Rotary Clube Portimão; Rotary Clube Silves; Rotary Clube Tavira

.

O que é uma Torre de Laparoscopia, para que serve

A Cirurgia Laparoscopica exige materiais e equipamentos de alta qualidade que permitam uma grande precisão dos movimentos do cirurgião.

O desenvolvimento de novos equipamentos nos últimos anos tem trazido ao mercado a mais alta tecnologia. Hoje todos os cirurgiões podem operar com uma qualidade de imagem tão real como a qualidade do olho humano através do desenvolvimento de tecnologia 3D e 4K.

As torres de laparoscopia são um conjunto de equipamento dispostos num trolley de acondicionamento e transporte que facilitam a mobilidade dentro de um bloco operatório.

Estes conjuntossão compostos por monitores de Alta definição com resolução 3D e 4K, utilizam ainda um sistema de insuflação de CO2 de alto débito indispensável nos procedimentos de laparoscopia para visualização do interior do corpo humano.

Esta visualização só é possível com a utilização de uma fonte de luz e um sistema ótico composto por óticas e câmaras FULL HD que transmitem as imagens em tempo real nos monitores de alta resolução. Como um complemento nestes sistemas poderemos ainda dispor de um sistema de armazenamento de imagens para posterior análise e assim melhor tratar os doentes.

Quais as características dos equipamentos

A torre proposta pela BRAUN é um equipamento da mais alta tecnologia que combina a imagem 3D com o 4K.

O sistema de insuflação de CO2 é de alto débito, 50L, permitindo a sua utilização com cirurgias de obesidade dispondo ainda de outros modos como o pediátrico e o cardíaco. Este sistema tem ainda um sistema de aspiração automático de fumos que funciona em sistema fechado, garantindo que o ar na sala de operações fica isento de fumos provenientes do corpo do paciente e nocivos para médicos e enfermeiros. O sistema de óticas apresentado funciona com um sistema de proteção descartável que para além de permitir a sua utilização sucessiva não custos de reprocessamento e riscos de danos mediante a utilização de um sistema de mangas de proteção versátil e eficaz.

Outras situações que considere importante saber sobre este equipamento.

O modelo de torre agora proposto é aquele que neste momento tem maior implantação no mercado nacional o que confirma bem a qualidade por nós defendida e a sua versatilidade com a utilização de mangas de proteção permitindo a utilização sucessiva entre cirurgias sem perda de tempo ou maior investimento em sistemas complementares.

Projecto Torre de Laparoscopia para o Centro Hospitalar da Universidade do Algarve do movimento Rotário do Algarve - 1
  • PARTILHAR   

Outros Artigos