(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Birdwatching

Autárquicas 2021: Recordes de candidaturas em Terras do Infante

Autárquicas 2021: Recordes de candidaturas em Terras do Infante

Foram batidos recordes de listas concorrentes às próximas eleições para as autarquias locais nos concelhos de Aljezur, Lagos e Vila do Bispo.

.

No conjunto vão a votos uma dúzia de forças políticas: Bloco de Esquerda (BE), Coligação Democrática Unitária (CDU), CDS – Partido Popular (CDS-PP), CHEGA, Coligação Lagos com Futuro (LCF), Liga Unitária do Progresso (LUP), Movimento de Cidadãos Independentes "Somos pelo Concelho – Vila do Bispo", Movimento de Cidadãos Independentes "Renascer", Movimento de Cidadãos Independentes "Fazer Mais e Melhor", PAN – Pessoas, Animais e Natureza, Partido Socialista (PS), Partido Social Democrata (PSD) e Coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM à Câmara de Vila do Bispo.

.

Lagos atinge 8 forças políticas

Câmara Municipal – 7 candidaturas: CDU, CDS, CHEGA, LCF, PAN, PS e PSD, quando em 2017 somava 6. As novidades são CHEGA, que concorre pela primeira vez, enquanto o CDS vai a votos sem ser em coligação com o PSD e finalmente, a ausência do BE.

Assembleia Municipal – correm às urnas 8 forças políticas: CDU, CDS, CHEGA, LCF, PAN, PS e PSD e BE.

Em relação ao anterior mandato, surgem agora o CHEGA e o CDS.

Assembleias de Freguesia:

  • S. Gonçalo de Lagos – tem 7 forças políticas na corrida: CDU, CHEGA, LCF, PAN, PS e PSD e BE. Acrescenta mais um concorrente comparativamente a 2017, com a entrada do CHEGA;
  • União das Freguesias de Bensafrim e Barão de S. João – é a segunda mais concorrida reunindo 6 candidaturas: CDU, CHEGA, LCF, PAN, PS e PSD. Aqui são mais duas que em 2017, designadamente o CHEGA e PAN;
  • Freguesia da Luz – mantêm-se CDU, LCF, PS e PSD, a que se acrescenta o CHEGA, totalizando 5 candidaturas.
  • Freguesia de Odiáxere – posiciona-se uma mão cheia de forças políticas, sendo mais uma vez o CHEGA a novidade, que se junta à CDU, LCF, PS e PSD, representando mais uma força política em comparação com 2017.

.

Vila do Bispo recebe 8 candidaturas

Este concelho excedeu as expectativas, evidenciando recorde de candidaturas aos diversos órgãos autárquicos.

Câmara Municipal – regista 5 concorrentes, com a continuidade de CDU e PS, coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM, a comparência do novato CHEGA e pela primeira um Grupo de Cidadãos Independentes, denominado "Somos pelo Concelho – Vila do Bispo".

Assembleia Municipal – surge ainda mais um concorrente em comparação com a Câmara Municipal, nomeadamente o BE.

Assembleias de Freguesia:

  • Sagres apresenta os mesmos que concorrem à Câmara Municipal, tal como em Vila do Bispo e Raposeira;
  • Por seu turno, em Budens vai a votos a novidade “Mais e Melhor”, candidatura independente liderada por Assildo Duarte;
  • Em Barão de S. Miguel, o LUP mantém-se na corrida. PS e PSD abdicam de participar e continua a esgrimir votos a CDU, enquanto o CHEGA avança, somando assim 3 candidaturas.

.

Aljezur com 5 siglas presentes

O município de Aljezur completa o triângulo de recordes.

Câmara Municipal – soma 5 candidaturas, mantendo-se o PS, PSD e CDU, surgindo pela primeira vez o CHEGA e o Grupo de Cidadãos Independentes “Renascer” sob a liderança do antigo presidente da autarquia, Manuel Marreiros.

Assembleia Municipal – este órgão deliberativo é concorrido por 4 forças políticas, porque o CHEGA não vai às urnas.

Freguesias:

O cenário é diferente nas quatro Assembleias de Freguesia. Somente CDU, PS e “Renascer” concorrem a Aljezur, Bordeira, Odeceixe e Rogil.

O PSD não concorre a Odeceixe nem Rogil, enquanto o CHEGA não vai a votos a qualquer freguesia.

.

As mulheres e os estrangeiros crescem

Mulheres ao poder

Um factor dominante que se releva nestas eleições que se avizinham, prende-se com uma subida de mulheres a encabeçar listas aos diversos órgãos autárquicos.

Câmara Municipal

Um salto gigantesco, com quatro mulheres candidatas à presidência.

Lagos regista dois rostos femininos na corrida: Margarida Martins (coligação Lagos com Futuro) e Maria João Sacadura (PAN).

Vila do Bispo apresenta também duas candidatas: Rute Silva, PS, actualmente Presidente da Autarquia em substituição de Adelino Soares que renunciou ao mandato, e ainda Paulo Freitas, que alinha pelo PSD e também já foi vereadora do partido laranja, na era do edil Gilberto Viegas.

Assembleia Municipal

Depois de Vila do Bispo com Ana Bela Martins, em 2017, agora Lagos e Aljezur também apostaram nas mulheres para tão importante cargo.

Lagos quer repetir proezas através do PS com uma mulher que surge, pela primeira vez, concorrente a este órgão deliberativo, com Maria Joaquina Matos, que já tinha sido a primeira presidente da Câmara Municipal e a primeira deputada eleita na Assembleia da República residente em Lagos. Porém, vão a votos também Maria João Sacadura, pelo PAN, e ainda Maria José Jacôto com as cores do CDS-PP.

Aljezur traz igualmente mais mulheres à ribalta. Na verdade, a CDU indicou Sofia Costa, tal como o Movimento "Renascer", que escolheu Zita Glória.

Assembleias de Freguesia

Os rostos femininos assumem, de igual modo, notória projecção.

Lagos contempla a CDU que coloca Maria Antónia Candeias na União das Freguesias de Bensafrim e Barão de S. João e Maria José Cintra na Freguesia da Luz. Por seu turno, a coligação Lagos com Futuro escolheu para a Freguesia da Luz, Maria do Rosário António e em Odiáxere indigitou Márcia Mendes.

Na mesma linha, o PAN leva Maria João Sacadura para a União das Freguesias de Bensafrim e Barão de S. João, tal como o PSD que apostou em Mónica Viana.

Vila do Bispo desfila em Budens Ana Custódio com as cores do PS e Soraia Raposo pelo CHEGA.

Para Vila do Bispo e Raposeira, o Movimento "Somos Todos – Vila do Bispo" decidiu levar a votos Marisa Dias. Já em Sagres, Joana Diogo Neves alinha pelo PSD, enquanto Sónia Duarte dá a cara pelo CHEGA.
Porém, as Terras do Infante são ainda banhadas por muitos rostos femininos nos distintos órgãos autárquicos.

.

A aposta na comunidade estrangeira

Já quanto a candidaturas lideradas por pessoas nascidas no estrangeiro, mas que optaram por viver em Terras do Infante, desde logo destaca-se Delano Chiattone, natural da Holanda (Países Baixos), cabeça-de-lista à Câmara Municipal de Lagos pelo CHEGA.

De relevar também o candidato do PSD à Assembleia da Freguesia da Luz, William Merewether, e ainda em São Gonçalo de Lagos, sendo que o PAN determinou Hugo Alejandro Prat para encabeçar a lista.

Mas o número engrossa quando se constata que quase todas as forças políticas integraram nos diversos órgãos autárquicos pessoas em lugares elegíveis que nasceram noutros países.

A integração e a democracia em pleno funcionamento. As mulheres e os estrangeiros crescem na corrida às urnas.

.

Listas recheadas de familiares e nomes repetidos

Outra particularidade para adicionar aos recordes de candidaturas às Autárquicas 2021 é a constatação da maioria das forças políticas neste triângulo vicentino que recorrem aos familiares para completar listas. Não é que seja ilegítimo, mas pode presumir a ideia que há falta de “tropas”.

O mesmo sucede com a repetição dos nomes aos diversos órgãos autárquicos. Somam-se os rostos que aparecem nos diferentes órgãos nalgumas forças partidárias, um dado que pode ser revelador da falta de elementos disponíveis para darem as caras pelas listas. Se por um lado pode parecer estranho tantas candidaturas, ainda mais preocupante é a dramática falta de “tropas”. Nuns casos apresentam-se os mesmos oficiais, noutras situações aparecem ilustres desconhecidos e quanto a recrutas, podem contar-se pelos dedos. Não obstante, emergem mais jovens e mulheres.

Sendo o Poder Local deveras importante para consolidar a democracia, a par da participação de eleitos e eleitores, este consagra um dever cívico de relevância.

Perante o cenário da “concorrência desenfreada”, é preciso combater o inimigo comum que traz o nome de abstenção.

Autárquicas 2021: Recordes de candidaturas em Terras do Infante - 1Autárquicas 2021: Recordes de candidaturas em Terras do Infante - 1Autárquicas 2021: Recordes de candidaturas em Terras do Infante - 1
  • PARTILHAR   

Outros Artigos