(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Programa Vacinação Infantil

Banco Solidário Animal apela à ajuda para milhares de cães e gatos em risco

30ª campanha nas lojas em Outubro
Banco Solidário Animal apela à ajuda para milhares de cães e gatos em risco

O Banco Solidário Animal (BSA) chega amanhã às lojas para uma recolha nacional de alimentação e outros bens de primeira necessidade para animais em risco. A Animalife, entidade promotora e organizadora da iniciativa, apela à participação de todos os portugueses na campanha, numa altura particularmente crítica, marcada pela subida dos números do abandono em Portugal. 

“119 animais abandonados por dia. Foi esta a média registada em 2021, ano em que foram abandonados mais de 43 mil cães e gatos, uma subida de quase 30% quando comparado com 2020”, refere Rodrigo Livreiro, presidente da direcção da Animalife, citando números oficiais.

A evolução da situação económica faz antever um cenário ainda mais complicado para os próximos meses, pelo que a participação de todos nesta campanha será indispensável para assegurar o bem-estar de milhares de animais em risco acolhidos por associações de protecção animal de norte a sul do país”, adianta Rodrigo Livreiro.

Sob o mote “Seja da espécie que ajuda”, o BSA decorre este fim de semana nas lojas Auchan, My Auchan e Mercadona. Nos dias 8 e 9, será possível contribuir nas lojas Continente Modelo e Mercadona e, uma semana mais tarde, nos Continente e Continente Bom Dia. A campanha termina no fim-de-semana de 22 e 23 de Outubro, em alguns hipermercados e supermercados Pingo Doce.

Ração seca e húmida para cão e gato, areia, produtos de higiene e limpeza, trelas, coleiras ou comedouros contam-se entre os produtos mais necessários.

Os bens serão distribuídos por mais de 600 associações e grupos informais de apoio animal de todo o país. A apoiar na recolha vão estar centenas de voluntários.

Como já vem sendo hábito, os vales solidários são outra forma de ajudar. Estão disponíveis nas lojas e também online.

O presidente da direcção da Animalife destaca a importância do apoio dos parceiros envolvidos na iniciativa. “As parcerias que estabelecemos - primeiro com o grupo Sonae, depois com a Auchan, mais recentemente com o Pingo Doce e agora, pela primeira vez, com a Mercadona - contribuem para garantir a capacidade de resposta das entidades apoiadas pela Animalife junto de milhares de animais em risco”, refere Rodrigo Livreiro.

O BSA é a maior campanha nacional de recolha de alimentos e outros bens essenciais para animais. Decorre em hipermercados e supermercados de todo o país, incluindo ilhas.

Sobre a Animalife

A Animalife (www.animalife.pt) é uma associação de sensibilização e apoio social e ambiental, de âmbito nacional, sem fins lucrativos, constituída em Outubro de 2011, cujo objectivo é diminuir o grave problema do abandono animal, actuando a montante sobre uma das principais causas de abandono em Portugal: a vulnerabilidade económica e social das famílias.

Ao longo dos anos, tem investido em três linhas de acção: apoio a associações e grupos de protecção animal; apoio a famílias em situação de carência económica; e acompanhamento de pessoas em situação de sem abrigo com animais a cargo.

A forma como trabalha a vertente animal-social, procurando ajudar não só os animais, mas também as famílias por eles responsáveis, contribuindo para a sua capacitação e apoiando no acesso aos recursos sociais existentes, torna a sua actuação pioneira em Portugal.

Em 2015, a Animalife foi distinguida como uma Iniciativa de Elevado Potencial em Inovação e Empreendedorismo Social pelo IES (Instituto de Empreendedorismo Social).

Actualmente ajuda mais de 600 entidades de apoio animal, cerca de 500 famílias e perto de 100 pessoas em situação de sem-abrigo, num universo de aproximadamente 65 mil animais apoiados.

A Animalife é também a entidade criadora e organizadora do Banco Solidário Animal (BSA), a maior campanha nacional de recolha de alimentos e outros bens essenciais para animais, que acontece em hipermercados e supermercados de todo o país, incluindo ilhas.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos