(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2021 - Concurso de Fotografia

Santander lança nova edição de Bolsas para apoiar a liderança das mulheres

Santander lança nova edição de Bolsas para apoiar a liderança das mulheres

O Santander, através do Santander Universidades e em parceria com a London School of Economics, acaba de lançar a XI Edição das Bolsas Santander Women | W50. São 50 bolsas que oferecem uma oportunidade única de contacto com uma comunidade diversificada de mulheres de todo o mundo, através de um programa focado no desenvolvimento de capacidades de negociação como parte de uma formação para a liderança. As inscrições abriram a 8 de Março, Dia Internacional da Mulher – e decorrem até 10 de Maio.

Este programa internacional, no qual já participaram 700 profissionais de todo o mundo, nas suas dez edições anteriores, tem a duração de oito semanas, entre os meses de Setembro e Dezembro deste ano. Está aberto a 50 mulheres com mais de 10 anos de trabalho, com experiência em cargos de responsabilidade, que sejam nacionais ou residentes de países como Alemanha, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, México, Portugal, Polónia, Uruguai, Peru, Reino Unido e Estados Unidos.

As Bolsas Santander Women | W50 destinam-se a gestoras de topo, apoiando a excelência e a liderança no feminino, através da selecção e formação de mulheres com elevado potencial e com uma destacada carreira profissional e/ou académica.

As competências adquiridas serão aplicáveis a qualquer nível da organização dos mais diversos sectores. Além disso, o programa estabelece uma rede de mulheres, futuras líderes nas suas áreas de actuação, promovendo o networking e o diálogo permanente entre elas.

Esta iniciativa está alinhada com o compromisso do Banco Santander com a igualdade de género em todos os países onde opera, para promover, capacitar e promover o talento feminino, com o objectivo de alcançar a igualdade efectiva – uma posição de princípio que coloca o Santander entre as 10 empresas mais avançadas do mundo nesta área de acordo com o Bloomberg Gender Equality Index 2021.

Dirigido pela London School of Economics, uma das mais prestigiadas universidades internacionais do mundo, o programa oferece aulas online em inglês, em assuntos essenciais para futuros líderes como inteligência organizacional, governo corporativo, estratégia de negócios ou negociação.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos