(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Programa Vacinação Infantil

Redução do endividamento das empresas deverá ser uma das prioridades do novo Governo

Redução do endividamento das empresas deverá ser uma das prioridades do novo Governo

Segundo dados do Banco de Portugal, em 2021 o endividamento das empresas privadas cresceu 9,4 mil milhões de euros. Este crescimento traduziu-se, principalmente, no financiamento obtido junto do exterior (7,1 mil milhões de euros). 

No entanto, também aumentou o endividamento perante o setor financeiro e perante as próprias empresas privadas (1,2 mil milhões de euros, em ambos os casos). Entre o final de 2020 e o final de 2021, o endividamento total das empresas privadas cresceu 4,2%, mais 3,0 pontos percentuais (pp) do que entre 2019 e 2020. Atendendo ao contexto económico de excepção originado pela pandemia, a AHRESP defende que devem ser criados mecanismos de apoio para a redução do endividamento das empresas com a máxima brevidade possível, para que não percam a sua competitividade a longo prazo.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos