(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir

Preço médio de venda de imóveis baixa pela primeira vez desde Abril

Preço médio de venda de imóveis baixa pela primeira vez desde Abril

Existe uma quebra de -1,8% do valor médio de venda anunciado em Agosto deste ano, em relação ao mês anterior. O preço médio já tinha registado uma queda em Abril e o valor tinha vindo a subir gradualmente desde então.

O Imovirtual, portal imobiliário, acaba de divulgar um estudo baseado em dados disponíveis na plataforma, no qual analisa a evolução dos preços médios anunciados de venda e arrendamento em Portugal. Os dados agora partilhados referem-se ao comparativo de Agosto com Julho deste ano e com o período homólogo (Agosto) do ano passado.

Aqui pode consultar todos os dados, incluindo gráficos e tabelas de apoio.

.

Principais conclusões:

ARRENDAMENTO

O preço médio de arrendamento mantém-se estável em relação ao mês anterior, com uma variação de +0,7% em agosto, passando de 1.012€ para 1.019€. A comparação com o período homólogo de 2020 (1.053€) continua a demonstrar decréscimos cada vez menos acentuados, desta vez de -3,2% (em relação a -4,9% em Julho e -6,5% em Junho).

Portalegre foi o distrito com maior aumento das rendas face a Julho (+22,1%), subindo de 376€ para 459€. Seguem-se Beja (com um aumento de +3,5%); a Região Autónoma da Madeira (+3,3%) e Bragança (3,3%).

Por outro lado, os distritos onde as rendas mais baixaram em agosto foram Viana do Castelo (-4,5%); Castelo Branco (-4%); Viseu (-3,9%) e Faro (-3,2%).

Comparativamente a Agosto do ano passado, é Portalegre que regista o maior crescimento do valor médio de arrendamento (+43%), de 321€ para 459€. Guarda (+29,3%) e Vila Real (+22,6%) também demonstraram aumentos significativos.

Apesar da subida em Agosto de 2021 face ao mês anterior, Beja e Bragança foram os distritos com maiores quedas do valor médio relativamente ao período homólogo do ano passado, registando -19,2% (de 585€ para 473€) e -18,1% (de 380€ para 464€), respectivamente.

.

VENDA

Verifica-se uma queda de -1,8% no preço médio de venda anunciado, que baixa para 365.264€ em Agosto após estar em crescimento ligeiro desde Abril. Em comparação com Agosto do ano anterior, quando o valor médio se fixava em 341.145€, há um aumento de +7,1%.

O maior aumento do preço médio relativamente ao mês anterior foi em Vila Real (+3,1%), seguindo-se Portalegre (+2,1%) e Faro (+1,8%).

Évora, que nos últimos três meses tinha vindo a registar o maior aumento do valor médio, regista em Agosto uma forte queda de -12,7% face a Julho, passando de 286.142€ para 249.791€.

Relativamente ao período homólogo do ano passado, e apesar da queda em relação a Julho, é Évora que manifesta o maior aumento do preço médio (+23%), que em Agosto de 2020 se fixava em 203.132€. Seguem-se a Região Autónoma da Madeira (+19,5%) e Portalegre (+14,5%).

Guarda volta a ser, pela terceira vez consecutiva, o distrito com a maior quebra do valor médio relativamente ao período homólogo do ano passado (-6,7%), passando de 121.337 para 113.201€ em Agosto de 2021.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos