(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2021 - Concurso de Fotografia

Infraestruturas de Portugal conclui obra de requalificação da Ponte Internacional sobre o rio Guadiana

Infraestruturas de Portugal conclui obra de requalificação da Ponte Internacional sobre o rio Guadiana

A Infraestruturas de Portugal informou esta manhã que já foi reposta a normal circulação na Ponte Internacional sobre o rio Guadiana, no seguimento da conclusão dos trabalhos de requalificação desta infra-estrutura, uma das principais ligações fronteiriças entre Portugal a Espanha.

Com um investimento superior a 9 milhões de euros, a concretização desta obra veio assegurar melhores condições de circulação aos milhares de automobilistas que diariamente cruzam a fronteira.

No âmbito da empreitada foram realizados, entre outros, os seguintes trabalhos:

  • Pavimentação;
  • Tratamento dos Passeios, Guarda-Corpos e Guardas de Segurança;
  • Reabilitação do sistema de tirantes e implantação de medidas de segurança para a sua protecção;
  • Reparação dos elementos de betão armado;
  • Beneficiação e/ou substituição de aparelhos de apoio, juntas e outros elementos de segurança;
  • Reabilitação dos sistemas de iluminação e sinalização da área fluvial bem como da Iluminação decorativa da ponte;
  • Reforço e readequação da sinalização rodoviária e implantação de um sistema de sinalização variável;
  • Instalação de novos sistemas de Monitorização da ponte.

Desta intervenção destacam-se os trabalhos realizados para a substituição integral do sistema de tirantes da ponte, tendo sido substituídos os 128 tirantes que ajudam a suportá-la. Foram 500 quilómetros de cordões, constituídos por sete fios de aço galvanizados entrelaçados – a distância de Lisboa a Bragança. Foram 3.500 quilómetros de fios de aço, o perímetro da Península Ibérica.

Por se tratar de uma Ponte Internacional, foi estabelecido um Convénio entre Portugal e Espanha, que definiu as condições para financiamento, contratação, conservação e acompanhamento, pelo que o valor foi repartido, em partes iguais, pelos dois países.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos