(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir

Engel&Volkers: dicas de Home Staging para valorizar o seu imóvel até 15%

Engel&Volkers: dicas de Home Staging para valorizar o seu imóvel até 15%

A imobiliária Engel&Volkers partilha seis dicas de Home Staging que, segundo a marca, podem potenciar a venda do imóvel e garantir um melhor retorno financeiro.

Quando se toma a decisão de vender um imóvel, o desejo é que o processo se desenvolva de uma forma tão célere e lucrativa quanto possível. Uma das grandes
tendências da actualidade ao nível da venda de imóveis é o Home Staging, ou seja, a transformação das divisões da casa através da decoração, de forma a potenciar mais rapidamente a venda.

Segundo Constanza Maya, Head of Operations and Expansion na Engel&Völkers Espanha, Portugal e Andorra: “O Home Staging tem-se revelado uma forma de enriquecer o imóvel, tornando-o mais atractivo, com pouco esforço e a baixo custo. As estratégias de Home Staging são bastante simples na sua idealização e concretização e estão, cada vez mais, a ser usadas para valorizar os produtos imobiliários, podendo aumentar o preço de venda do imóvel até 15%”. Como existem várias formas de aplicar as técnicas do Home Staging, e de forma a garantir que se consegue uma valorização do imóvel, é importante compreender quais as melhores formas de o fazer. A Engel&Völkers, multinacional alemã de mediação de imóveis de luxo, apresenta algumas sugestões de como apoiar-se no Home Staging para vender um imóvel.

Casa arrumada

Ao longo da vida, tendemos a acumular vários objectos decorativos. Estes elementos podem ter um valor emocional ou meramente artístico, mas não valorizam o imóvel. O processo de Home Staging implica que uma casa deixe estes elementos, visto que um ambiente visualmente mais limpo faz com que as divisões pareçam mais arrumadas e mais apelativas a um potencial comprador.

Imóvel sem personalidade leva à imaginação

A compra de um imóvel não é apenas a compra da casa em si, mas antes a compra das possibilidades em torno do espaço. Quando um potencial comprador visita um imóvel, este irá imaginar como poderia tornar o espaço seu, construindo sonhos em torno das divisões. Dessa forma a casa deve estar tão despersonalizada quanto possível, removendo elementos pessoais, como fotografias ou troféus.

Casa limpa é sempre valorizada

A limpeza dos espaços é algo que influencia bastante a forma como as pessoas encaram um imóvel, já que, quando limpa, a casa transmite emoções positivas como o conforto, a hospitalidade e o bem-estar. Uma vez que traz sensações emocionais ao comprador, uma casa limpa pode, por isso, ajudar a vender a habitação por um preço mais justo.

Entrada cuidada

Uma das divisões mais importantes para o Home Staging é a entrada da casa. Daí que a Engel&Völkers recomende que encare o hall de entrada como se fosse uma montra para a habitação. A entrada deve estar impecável e bem iluminada para receber os potenciais interessados na habitação e conquistar, desde o primeiro momento, uma boa impressão.

Espaços mais amplos são mais apelativos

Sabendo que os espaços amplos são valorizados, pode posicionar os seus móveis para que as divisões pareçam maiores. A colocação do mobiliário e o aconchego transmitido pelo ambiente que estes recriam é muito importante para a valorização de um imóvel.

Quando o olfacto decide a venda da casa

Outra técnica de Home Staging é eliminar qualquer problema que possa estar a causar odores indesejados como o mofo ou aromas gerados pela canalização. O imóvel deve ser arejado para garantir que a experiência sensorial do potencial comprador seja melhorada durante a visita à casa.

No processo de Home Staging, o apoio de quem melhor conhece o mercado e os desejos dos compradores é fundamental.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos