(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2021 - Concurso de Fotografia

Covid-19: Incerteza mantém-se quanto à abertura dos estabelecimentos de animação nocturna

Covid-19: Incerteza mantém-se quanto à abertura dos estabelecimentos de animação nocturna

Apesar de existirem hoje mecanismos que permitem manter as actividades económicas com maior liberdade de funcionamento, sem com isso se comprometer o combate à pandemia – como é o caso da apresentação do certificado digital de vacinação e dos testes à Covid-19 –, a incerteza e a falta de perspectivas para retomar a sua actividade mantêm-se para os estabelecimentos de animação nocturna, nomeadamente bares e discotecas. 

Para além das necessárias medidas de apoio a estas empresas, que segundo a Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) «têm de ser mantidas e reforçadas», esta apela ao Governo para que sejam dadas indicações ou orientações a estes empresários, que desde Março de 2020 permanecem sem actividade e se preparam para enfrentar a perda de mais uma época alta.

.

Novas regras no acesso aos estabelecimentos levantam dúvidas

Confirma-se o agravar da situação pandémica no nosso país, com aumento dos municípios em risco elevado e risco muito elevado. Como principal novidade, surge a exigência de Certificado Digital ou teste negativo para acesso a estabelecimentos turísticos e de alojamento local, em todo o território nacional, bem como para acesso aos restaurantes (ver notícia).

Para a AHRESP, estas regras ainda suscitam algumas dúvidas, pelo que se aguarda «com expectativa» a publicação do diploma que irá regulamentar esta matéria. Após devida análise, a associação garante então tomar as medidas convenientes.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos