(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2022 - Projecto Águas Sem Fronteiras

CCDR Algarve promoveu reunião sobre sustentabilidade energética – AAE de LAGOS E CULATRA2030

CCDR Algarve promoveu reunião sobre sustentabilidade energética – AAE de LAGOS E CULATRA2030

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve, no âmbito do acompanhamento do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), promoveu no dia 2 de Junho um encontro entre o Município de Lagos, a Universidade do Algarve (UALG) e a Agência Regional de Energia e Ambiente do Algarve (AREAL) para debater os desafios para a implementação das Comunidades de Energia Renovável (CER) e partilha de conhecimento nos domínios da descarbonização e da transição energética na Região.

O Município de Lagos é o promotor do projecto «Área Empresarial de Lagos +Resiliente, +Verde e +Digital», a UALG dinamiza a iniciativa «Culatra 2030 - Comunidade Energética Sustentável» e a AREAL tem vindo a realizar projectos nos domínios da descarbonização e da eficiência energética em parceria com autarquias e empresas da Região, recorrendo aos fundos do Programa Operacional do Algarve – CRESC ALGARVE 2020 e do programa de cooperação transfronteiriça Interreg V-A España-Portugal (POCTEP).

As CER são entidades - pessoas colectivas - constituídas por cidadãos, pequenas e médias empresas, autarquias, entre outros, que utilizam energia renovável produzida localmente para satisfazer as necessidades energéticas dos seus membros, ao mesmo tempo que usufruem de benefícios ambientais, económicos e sociais.

As CER são figuras-chave nas dinâmicas de transição energética e de sustentabilidade em progresso nos projectos mencionados.

A Área de Acolhimento Empresarial (AAE) de Lagos, que vai receber cerca de cinco milhões euros do PRR, interliga a componente de produção de energia verde para autoconsumo com a mobilidade eléctrica e a transição digital, contribuindo para o crescimento sustentável das empresas situadas na zona empresarial.

Por outro lado, a iniciativa “Culatra 2030 - Comunidade Energética Sustentável” pretende criar uma comunidade piloto em energias renováveis na Ilha da Culatra (Faro), tendo começado por receber fundos europeus através da iniciativa “Energia Limpa para as Ilhas da UE”, para fomentar a transição energética e ambiental numa comunidade piscatória piloto.

Neste encontro, enquadrado na missão da CCDR, enquanto órgão de coordenação e a articulação das diversas políticas sectoriais na Região, tomando como exemplo estes dois projectos pioneiros, debateram-se sinergias e contributos a desenvolver, com o objectivo de contribuir para atingir as metas do Plano Nacional Energia e Clima 2021-2030 (PNEC 2030) e do Roteiro para a Neutralidade Carbónica 2050.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos