(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir

Banco de Portugal confirma que quase metade do sector do Alojamento e Restauração apresentava capitais próprios negativos em 2020

Banco de Portugal confirma que quase metade do sector do Alojamento e Restauração apresentava capitais próprios negativos em 2020

Segundo o Banco de Portugal, as estatísticas apuradas com base na informação da IES confirmam que, em 2020, o volume de negócios das empresas a nível nacional caiu 9,7%. Esta diminuição, transversal à maioria das empresas, foi mais acentuada nos sectores mais afectados pela pandemia de COVID-19, nomeadamente no Alojamento e Restauração, que registou uma quebra de 42,5%. O número das empresas em potencial situação de risco foi também mais expressivo no sector do Alojamento e Restauração, em que a percentagem de empresas com resultados líquidos negativos passou de 45,7% em 2019 para 67,3% em 2020. 

Quase metade (42,7%) do sector fechou o ano de 2020 com capitais próprios negativos (empresas cujo valor do passivo superou o valor do activo), uma situação muito preocupante se considerarmos que a maioria das medidas de apoio e financiamento colocam como requisito a obrigatoriedade de demonstrar capitais próprios positivos.

Por este motivo, a AHRESP reitera a importância das empresas do turismo continuarem a beneficiar de medidas de apoio específicas e com critérios de acesso realistas, de forma a promover a reposição dos capitais próprios para os níveis pré-pandemia.

Consulte o site da AHRESP: https://bpstat.bportugal.pt/conteudos/noticias/1475/

  • PARTILHAR   

Outros Artigos