(Z1) 2024 - CM de Aljezur - Aljezur Sempre
(Z4) 2024 - CM Lagos - Agenda de Eventos

APAL e Município acertam estratégia turística para Albufeira

APAL e Município acertam estratégia turística para Albufeira

Representantes de todos os órgãos sociais da APAL –Associação de Promoção de Albufeira, estiveram reunidos com o Presidente da Câmara Municipal de Albufeira, José Carlos Rolo, na passada semana. 

Em cima da mesa, vários assuntos que dizem respeito à dinâmica da cidade e da sua oferta turística. O objetivo passou por fazer chegar ao executivo municipal algumas das questões e assuntos inventariados junto dos associados. Segurança, época balnear, taxa turística, promoção e eventos foram alguns dos temas abordados.

A APAL pretende constituir-se como a voz dos empresários de Albufeira. Complementando a sua vocação associada à promoção do destino, a Associação pretende encetar um diálogo estreito e contínuo com a autarquia, de modo a fazer chegar algumas das principais preocupações dos empresários locais.

Atualmente com cerca de duas centenas de associados, a APAL é a maior associação empresarial do concelho de Albufeira e quer aproveitar esse estatuto para se constituir como parceira do município nas questões que mais afetam a atividade turística.

A segurança foi um dos temas abordados. A criação do Conselho Municipal de Segurança será uma realidade a curto prazo e um órgão importante para monitorizar a situação do concelho. A necessidade de aumentar o número de efetivos na época balnear, o aceleramento da vídeo-vigilância e o reforço da vigilância nas praias foram temas abordados. A este propósito, refira-se que está agendada para a primeira quinzena de junho, um Conselho Municipal de Segurança restrito que contará com a presença da Secretária de Estado da Administração Interna, Isabel Oneto.

De igual forma, a preparação da época baixa, nomeadamente do evento de fim de ano e de outros eventuais acontecimentos que possam dinamizar a cidade.

Ainda a questão da Taxa Turística cuja forma de implementação está a ser estudada, bem como a possibilidade de criação de uma comissão de acompanhamento para a implementação das verbas que dela resultem.

Estamos consciente de que a atividade turística é o grande motor da economia local e é fundamental que exista um diálogo permanente entre a autarquia e o setor privado, de modo a que possam ser desenvolvidas as melhores estratégias para que o concelho se apresente cada vez mais atrativo, com base naquilo que são as novas premissas desta indústria que relevam fatores como a sustentabilidade, a identidade ou a autenticidade” refere Desidério Silva, atual Presidente da APAL acrescentando que “é preciso que os assuntos que aqui abordámos possam ter um acompanhamento permanente das entidades públicas e privadas locais para que valorizemos o nosso território”.

Para José Carlos Rolo, "a disponibilidade da autarquia é permanente, pois é necessário ouvirmos as diferentes perspetivas de quem participa ativamente na economia local de maneira a podermos planear e intervir de forma mais efetiva". O autarca referiu ainda que “os temas abordados são de grande importância e fazem parte das preocupações centrais do município, pois muitos deles ultrapassam claramente a vertente turística e estão presentes no dia a dia de quem aqui reside.”

APAL e Município pretendem continuar a promover encontros onde possam ser abordados temas centrais para o setor.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos