(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Arte Doce

AHRESP reforça Programa APOIAR para as actividades da animação nocturna

AHRESP reforça Programa APOIAR para as actividades da animação nocturna

Há muito que a AHRESP defende um apoio mais ágil e robusto às empresas, especialmente para aquelas que estão legalmente impedidas de funcionar ou com grandes quebras de facturação. Nesta sequência, o Governo aprovou o reforço dos apoios às empresas de animação nocturna (bares e discotecas), com actividade principal nas CAE’s 56302, 56304 e 56305, especificamente no âmbito dos programas APOIAR.PT e APOIAR+SIMPLES. Assim, e em virtude das determinações legais ou administrativas decorrentes da actual situação de calamidade, e que limitam o funcionamento destas empresas, é atribuído um apoio suplementar, com os seguintes limites máximos (tendo em conta os apoios já recebidos de candidaturas aprovadas):
• Empresas com quebras de facturação entre 25% e 50%:
o 55 000 euros para microempresas;
o 135 000 euros para pequenas, médias e empresas com mais de 250 trabalhadores, mas com facturação inferior a 50 milhões de euros anuais.
• Empresas com quebras de facturação superior a 50%:
o 82 500 euros para microempresas;
o 202 500 euros para pequenas, médias e empresas com mais de 250 trabalhadores, mas com facturação inferior a 50 milhões de euros anuais.
• ENI sem contabilidade organizada, com quebras de facturação entre 25% e 50%:
o 10 000 euros
• ENI sem contabilidade organizada, com quebras de facturação superior a 50%:
o 15 000 euros
A AHRESP apela para que estes apoios cheguem à tesouraria das empresas com a maior brevidade possível, já no início de Janeiro de 2022.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos