(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir

900 mil empregos e 35 mil milhões de euros em risco na Europa se medidas restritivas às viagens forem impostas

900 mil empregos e 35 mil milhões de euros em risco na Europa se medidas restritivas às viagens forem impostas

INFORMAÇÕES E ESCLARECIMENTOS 

Governo assegura que não houve ruptura de stocks - Decorreu ontem a primeira reunião do Grupo de Acompanhamento e Avaliação das Condições de Abastecimento de Bens nos Sectores Agroalimentar e do Retalho em Virtude das Dinâmicas de Mercado, criado a 16 de Novembro. No final da reunião, o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira disse que, até ao momento, “não se verificou nenhuma rutura de ‘stocks’, nem se prevê que possa ocorrer nas próximas semanas”. O Ministro deixou ainda uma mensagem de “tranquilidade” sobre a possibilidade de problemas de abastecimento devido ao aumento de custos de transporte, energia e matérias-primas. O Grupo tem como missão avaliar e acompanhar as condições de abastecimento de bens agroalimentares e no retalho, e também avaliar e acompanhar os níveis de reserva e armazenamento e execução dos contratos de fornecimento. É composto por 16 membros, incluindo CAP, ADIPA, ACICO, ANTP, ANTRAM, APED e FIPA. Consulte o Site da AHRESP.

(https://www.portugal.gov.pt/pt/gc22/comunicacao/noticia?i=grupo-de-trabalho-reuniu-se-pela-primeira-vez-para-avaliar-condicoes-de-abastecimentos-de-bens)

SELEÇÃO Gastronomia e Vinhos em todo o território nacional - O Programa SELEÇÃO Gastronomia e Vinhos, presente em Coimbra, Viseu e Açores, vai chegar a todo o território nacional. O projecto de expansão deste Programa, que tem como objectivo promover a qualidade da gastronomia e dos vinhos servidos nos estabelecimentos de restauração nacionais, está a ser desenvolvido em colaboração com o Turismo de Portugal. Assim, a partir de agora, qualquer restaurante do país poderá integrar o Programa SELEÇÃO Gastronomia e Vinhos. Para a AHRESP, a Gastronomia e o Enoturismo podem ser motores no desenvolvimento do país e desempenhar um importante papel na redução de desigualdades no território nacional. Para saber mais sobre o Programa SELEÇÃO Gastronomia e Vinhos conhecer o respetivo Regulamento e até fazer já a sua inscrição, consulte o (Site da AHRESP).

Conferência anual do BCSD Portugal – Começa amanhã e decorre até 25 de Novembro a Conferência Anual do BCSD Portugal, cujo tema será “Sustentabilidade: desafios da década 20-30”. O foco é a construção de um futuro tendo por base os 4Ps: «People, Planet, Profit & Purpose». O segundo dia será dedicado às empresas-membro do BCSD Portugal e às suas seis áreas de trabalho, para discutir os desafios que enfrentam, apresentar case studies e ouvir testemunhos de especialistas. Para saber mais, Consulte o Site da AHRESP. (https://bcsdportugal.org/conferencia-anual-2021/)

MEDIDAS AHRESP

900 mil empregos e 35 mil milhões de euros em risco na Europa se medidas restritivas às viagens forem impostas – Vários stakeholders do turismo europeu, como World Travel & Tourism Council (WTTC), Hotrec, European Travel Comission (ETC), entre outros, vieram avisar que 900 mil postos de trabalho dos sectores das viagens e do turismo podem estar em risco na Europa, caso venham aí novas regras que restrinjam as viagens. As entidades, que representam o sector privado mas também as entidades nacionais do turismo no continente europeu, avisam ainda que 35 mil milhões de euros podem ser “arrancados” da região este ano, se surgirem novas regras que limitem as viagens. As entidades consideram que os estados membros da União Europeia devem alinhar numa resposta comum à situação pandémica, de forma a evitar impor limites à liberdade de movimentos. “O sector não consegue suportar respostas nacionais inconsistentes e em mudança constantes”, alegam, em comunicado conjunto, lembrando que o European Centre for Disease Prevention and Control (ECDC), reconheceu que as restricções às viagens não tiveram um impacto considerável na redução da transmissão do vírus, assim como nas hospitalizações e nas mortes registadas. Não tendo quaisquer efeitos a nível de saúde, estas restricções terão efeitos devastadores para a economia europeia. A AHRESP apela para que o Governo português leve em conta os impactos previstos por estes stakeholders. Consulte o Site da AHRESP. (https://wttc.org/News-Article/WTTC-and-ETC-call-on-EU-Member-States-to-effectively-coordinate-and-align-responses-to-the-evolving-epidemiological-situation)

Aumento dos custos operacionais deverá causar subida dos preços das viagens em 2022 – Os preços das viagens aéreas e terrestres e das estadas em hotéis deverão aumentar nos próximos dois anos, impulsionados pelo aumento da procura, pelas restrições a nível da capacidade oferecida e pelas exigências de sustentabilidade dos viajantes, a par do aumento dos custos da mão-de-obra e dos combustíveis. Esta é a principal conclusão do 7.º “Global Business Anual Travel Forecast”, publicado pela CWT Meetings & Events e pela Global Business Travel Association (GBTA). Embora se espere que os preços dos hotéis aumentem 13% em todo o mundo em 2022, seguidos por mais 10% em 2023, em muitos mercados levará algum tempo até que exista um retorno aos níveis de 2019. Conforme a AHRESP tem vindo a alertar ao longo das últimas semanas, torna-se cada vez mais importante que o Governo encontre soluções para compensar a subida dos preços da energia e dos combustíveis, que têm um peso relevante não só na estrutura de custos das empresas, mas também no dia-a-dia dos consumidores, que começam a assistir ao aumento dos preços de venda. Consulte o estudo completo no Site da AHRESP. (https://www.mycwt.com/news/pr/global-business-travel-pricing-set-to-increase-in-2022/).

  • PARTILHAR   

Outros Artigos