(Z1) 2020 - CM de Vila do Bispo - Um concelho a descobrir
(Z4) 2024 - CM Lagos - Programa Vacinação Infantil

Stresse e Problemas de Saúde Psicológica no trabalho custam 5,3 mil milhões por ano

Stresse e Problemas de Saúde Psicológica  no trabalho custam 5,3 mil milhões por ano

Custos subiram mais de 60% nos últimos dois anos. Representam já um valor equivalente ao que o governo gastou em 2021 em medidas para mitigar os impactos da pandemia

O stresse e os problemas de saúde psicológica custaram 5,3 mil milhões de euros por ano às empresas portuguesas em 2022. A conclusão é de um relatório da Ordem dos Psicólogos Portugueses divulgado esta sexta-feira.

De acordo com o documento “Prosperidade e Sustentabilidade das Organizações – Relatório do Custo do Stresse e dos Problemas de Saúde Psicológica no Trabalho”, o absentismo custou 1,8 mil milhões de euros em 2022 às empresas em Portugal. Já o presentismo (quando os trabalhadores vão para o seu local de emprego, mas funcionam abaixo das suas capacidades por motivo) teve um custo de 3,5 mil milhões de euros, registando-se assim uma perda total de produtividade de 5,3 mil milhões por ano (o equivalente ao que o governo português gastou em 2021 em medidas para mitigar os impactos da pandemia COVID-19).

QUADRO Comparativo dos Custos do Stress e Problemas de Saúde Psicológica

em Contexto Laboral (2020 e 2022)

PME

Grandes Empresas

Total Empresas Portuguesas

2020

2022

2020

2022

2020

2022

Absentismo

€840 milhões

€1,4 mil

€222 milhões

€382 milhões

1,1 mil milhões

€1,8 mil milhões

Presentismo

€1,7 mil milhões

€2,8 mil milhões

€445 milhões

€754 milhões

2,1 mil milhões

€3,5 mil milhões

Perda de Produtividade

€2,5 mil milhões

€4,2 mil milhões

€667 milhões

€1,1 mil milhões

3,2 mil milhões

€5,3 mil milhões

Em dias, estima-se que os trabalhadores faltem 7,4 dias por ano devido ao stress e aos problemas de saúde psicológica e que o presentismo seja ainda mais representativo, podendo chegar aos 15,8 dias por ano. Números que subiram em relação a 2020.

QUADRO Comparativo dos Dias de trabalho perdidos devido ao Stress e Problemas de Saúde Psicológica

2020

2022

Faltas ao trabalho (Absentismo) devido a Stresse ou problemas de SP (dias)

6,2

8

Tempo de trabalho perdido devido a Presentismo (dias)

12,4

15,8

Este cálculo, realizado pela OPP, refere-se apenas a custos indiretos do stress e problemas de saúde psicológica no trabalho, como os que envolvem a perda de produtividade (absentismo, presentismo, rotatividade e erros/acidentes). Não estão aqui representados custos diretos, como os gastos com serviços de saúde, pagamento de seguros, problemas legais ou pagamento de multas e compensações.

Os retornos de investir em Saúde Psicológica

Um recente relatório sobre os benefícios económicos do investimento em Saúde Psicológica (McDaid e A-La Park (2022)) reporta que o retorno sobre o investimento em Saúde Psicológica é de 5€ por cada 1€ investido.

  • PARTILHAR   

Outros Artigos